• setembro 03, 2019
  • luizcft

Nubank fez história ao iniciar operação. Hoje em dia, consumidor tem Agibank, Credicard Zero e Pag à disposição, entre outros.




Quando se trata de cartão de crédito digital, o erro mais comum é confundi-lo com cartão de crédito virtual. Embora tenham nomes praticamente iguais, os serviços são diferentes. O que é chamado de cartão digital é um cartão comum, físico, tal como o que você já tem do seu banco.

A diferença do cartão digital para o tradicional está principalmente na forma de solicitar, que é toda online. Além disso, a já mencionada ausência de taxas de manutenção é uma característica comum a todos os serviços do tipo. 

Mas a aparência e forma de utilização é a mesma do velho cartão com anuidade, pedido na agência bancária. O cartão virtual, por sua vez, é um recurso para fazer compras pela internet de forma mais segura. 

Ele possui um número diferente do cartão físico, assim como data de validade e código de segurança. Por existir apenas virtualmente, ele é gerado imediatamente pelo aplicativo, e pode ser apagado também a qualquer momento.

A velocidade e a falta de burocracia para abrir conta em uma plataforma digital é o grande diferencial desse serviço. Prometendo uma vida livre das filas de banco, Nubank, Agibank, Pag e Credicard Zero trazem aplicativos para Android e iPhone (iOS), por onde o cliente faz todas as operações financeiras.

De maneira resumida, os apps pedem para que o usuário forneça dados pessoais como CPF, RG, endereço e telefone, além de dar informações de renda e profissão. Os sistemas também pedem o envio de uma selfie e a digitalização dos documentos, que são registrados para análise. 

O cartão de crédito é emitido caso o usuário seja aprovado nessa avaliação, que considera se a pessoa está negativada e outros dados financeiros.

fonte: techtudo

  • setembro 01, 2019
  • luizcft

Especialistas explicam qual o impacto da falta de experiência profissional no mercado e como driblar as dificuldades para conquistar uma vaga



O desemprego atinge 12,6 milhões de brasileiros segundo a Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua) do IBGE, e os jovens, mesmo aqueles com diploma universitário, engrossam esses números.
Os dados mostram que a taxa de desemprego entre os jovens brasileiros com idade de 18 a 24 anos é mais que o dobro da taxa da população em geral. Enquanto a taxa geral ficou em 12,4% no segundo trimestre, entre os jovens esse percentual salta para 26,6%.
Daniela Ora Santos fez faculdade de tecnologia e marketing em uma universidade particular de São Paulo, mas mesmo com o diploma na mão, a jovem de 30 anos continua à procura de um emprego em sua área.
“Trabalhei em um salão de beleza por 5 anos, comecei como recepcionista e depois passei a cuidar das redes sociais e mídias digitais, mas percebi que ali não havia espaço para crescer profissionalmente”, conta. “Decidi largar o emprego para tentar algo na minha área, mas faz meses que estou procurando e está muito difícil.”
Enquanto procura um emprego formal, Daniela faz alguns trabalhos pontuais de casa. “Minha maior dificuldade é que não tenho experiência na minha área, mas como terei se não consigo uma oportunidade?”.
Para Fernando Gaiofatto, gerente de Catho Educação, o número alto de jovens que estão desempregados tem motivo: a “retração do mercado e um aumento do número de pessoas formadas na graduação nos últimos anos”. Como explica Gaiofatto, com menos vagas disponíveis, as empresas priorizam contratar profissionais que tenham mais experiência e que são mais qualificadas. “Esse cenário atinge em cheio os recém-formados e aqueles sem qualificação.”
Wilma Dal Col, diretora do ManpowerGroup, orienta que os jovens universitários devem aproveitar as experiências acadêmicas para mostrar suas competências. “É um exercício trabalhoso, mas ao mesmo tempo simples: os jovens devem pensar em três situações bem-sucedidas, avaliar como aquele trabalho ou projeto foi realizado, quais lições tirou dali”, diz.
Esse processo também ajuda o recém-formado a descobrir suas habilidades e confere mais segurança para uma entrevista. “Não adianta sair cadastrando o currículo em todos os lugares, é preciso se planejar, elencar as competências, avaliar as áreas com mais oportunidades e quais empresas se adequam melhor ao perfil, desta forma, o jovem irá mais seguro para uma entrevista.”
Outra dica valiosa para os universitários e recém-formados que buscam emprego é o bom e velho network. Frequentar fóruns, conhecer pessoas da área, estabelecer um relacionamento próximo, não apenas nas redes sociais.
“Importante destacar que as empresas buscam profissionais que saibam se relacionar e que sejam flexíveis”, conclui.
Fonte: R7.com

  • agosto 28, 2019
  • luizcft
O Canadá ampliou em 88% o total de vistos permanentes concedidos a brasileiros ano passado

  • agosto 28, 2019
  • luizcft



27/08/2019 - Relatado por Thássius Veloso, o desconto ultrapassa R$1.000,00. Produtos são originais  contam com garantia.

A gigante americana passou a oferecer os aparelhos também no site de leilão. Ao menos por hora os descontos são agressivos. Os estoques são limitados na casa de dezenas.

O iPhone 8 em questão, de 2017, continua no portfólio oficial da fabricante, sendo uma opção mais acessível para quem busca um telefone com a emblemática maçã na traseira. Com acabamento em Cinza Espacial e armazenamento de 64 GB, sai a R$ 4.598 no Mercado Livre, com AirPods em estojo wireless. O pagamento pode ser via cartão de crédito ou boleto. 

O site oficial da Apple permite escolher o mesmo iPhone 8 de 64 GB por R$ 3.999 e os AirPods com estojo de recarga sem fio. Não é um kit, mas o conjunto sai a R$ 5.678.

A diferença é de R$ 1.080.

Pulando para um modelo mais atual, o iPhone XR na cor azul, com armazenamento de 64 GB, custa R$ 5.199 no site oficial. Os mesmos AirPods com estojo wireless saem a R$ 1.679 diretamente do inventário da Apple. Total: R$ 6.878. A mesma combinação é oferecida por R$ 5.598 no Mercado Livre.

Ou seja, economia de R$ 1.280 para quem optar pela plataforma de compra e venda.

Confira o lançamento do iPhone XR e iPhone XS nos Estados Unidos

A Apple confirmou ao TechTudo que o hub está em linha com as práticas da marca: “Essa Loja Oficial é supervisionada pela Apple e operada através do seu Distribuidor Autorizado, Allied. Todos os produtos comercializados nessa loja são originais Apple e possuem garantia, qualidade e procedência de fabricante”. A mesma distribuidora também cuida do espaço da maçã em outros sites varejistas.

Vale lembrar que o Mercado Livre costuma servir de chamariz para uma série de golpes. Os criminosos se utilizam de várias táticas, como forçar a negociação por fora da plataforma ou enviar boletos falsos. O TechTudo já ensinou como comprar no Mercado Livre pelo celular e como rastrear os produtos recém-adquiridos.

fonte: https://www.techtudo.com.br


  • agosto 26, 2019
  • luizcft

Líderes em Telecom no Brasil no 2T19


-IndicadorDescrição
Líder 1T19
Líder 2T19
1ReceitaReceita Líquida
Vivo
Vivo
2Crescimento ReceitaCrescimento da Receita Líquida
Algar
Algar
3MóvelMarket Share e Receita de Celular
Vivo
Vivo
4FixoMarket Share e Receita de Serviços Fixos
Claro
Claro
5BL FixaMarket Share de Banda Larga Fixa
Claro
Claro
6TV AssinaturaMarket Share de TV por Assinatura
Claro
Claro
7Telefones FixosMarket Share de Telefones Fixos
Vivo
Vivo
8RentabilidadeMargem EBITDA
Algar
TIM

O Teleco iniciou no 1º trimestre de 2011 o acompanhamento do desempenho dos Grupos de Telecom no Brasil através de indicadores selecionados. Apresenta-se a seguir os resultados para cada indicador. Foram incluídas nesta análise as operadoras que tiveram receita líquida superior a R$ 2 bilhões no país em 2018.

1) Receita: Vivo mantém a liderança no 2T19

A Vivo liderou em receita líquida total com R$ 10,9 bilhões no 2T19, seguida pela Claro.



2) Crescimento de Receita: Algar lidera no 2T19

A Algar continuou liderando em crescimento de receita líquida (3,1%) no 2T19, na comparação com o 2T18. Contribuiu para este resultado a expansão de sua oferta como prestadora de SCM fora de sua área de concessão.



3) Móvel: Vivo é a líder em market share e receita

A Vivo, líder em market share de celular no Brasil, ganhou market share no ano por ter apresentado adições líquidas negativas menores que as da Claro e da TIM. A Claro (24,7%), manteve a segunda colocação em market share.

Nota: O market share da Nextel foi de 1,53% no 2T19.

A Vivo lidera também em receita líquida no móvel.



4) Fixo: Claro é a líder em market share e receita

A Claro é a líder em market share de serviços fixos com um total de 27,8 milhões de acessos no 2T19, mas perdeu market share no trimestre.

Nota: TIM e Algar foram incluídas em outras por apresentarem um market share menor que 5% nos serviços fixos.

A Claro é líder em receita líquida de serviços fixos com R$ 5,6 bilhões, mas apresentou crescimento negativo da receita (-2,4%) na comparação com o 2T18. A receita de outros passou a Oi no 2T19.



5) Market Share de Banda Larga Fixa: Claro

A Claro manteve a liderança em market share de banda larga fixa no 2T19 com 9,5 milhões de acessos.

Nota: Algar (1,9%), TIM (1,7%) e SKY (0,9%) foram incluídas nas competitivas por apresentarem um market share menor que 5% em BL fixa.
A Claro liderou o crescimento no trimestre, seguida pelas Competitivas. As competitivas teriam apresentados adições líquidas de mais 400 mil acessos no trimestre se todas as prestadoras que reportaram acessos em maio também o tivessem feito em junho.



Vivo e Oi apresentaram adições líquidas negativas devido às perdas nos acessos xDSL.

6) Market Share de TV por Assinatura: Claro

A Claro continuou na liderança da TV por assinatura no 2T19 com 8,2 milhões de assinantes e 49,2% de market share.


A Oi teve menos perdas que as demais no trimestre e ultrapassou a Vivo em market share.



7) Market Share de Telefones Fixos: Vivo lidera

A Vivo manteve a liderança em market share de telefonia fixa com 11,8 milhões de telefones fixos no 2T19, seguida pela Oi (11,2 milhões). A Vivo perdeu 646 mil telefones fixos no trimestre, devido em parte pelo desligamento de TUPs (Orelhões). A Oi perdeu 290 mil e a Claro 99 mil.




8) Rentabilidade: TIM lidera em Margem EBITDA

A TIM liderou em margem EBITDA, seguida de perto pela Vivo.

Nota: Margem EBITDA com os efeitos do IFRS 16 desde o 1T19. Considera-se a Margem EBITDA de rotina .

TIM e Claro apresentaram crescimento em sua margem EBITDA em relação ao 1T19.
Fonte: teleco.com.br



BRASILEIRO JÁ USA MAIS O CELULAR PARA ACESSAR A INTERNET DO QUE PARA FALAR, DIZ SINDITELEBRASIL

Em outubro deste ano, a receita média (Arpu) com comunicação de dados das operadoras foi de 62% contra 38% de voz. E a tecnologia 4G já está em 95 milhões de aparelhos, contra 92 milhões da WCDMA (3G). Mas a 2G só acabará se preço do smartphone cair.

As operadoras de celular brasileiras já têm mais receita com o acesso à internet do que com o tradicional serviço de voz. Conforme o SindiTelebrasil, no terceiro trimestre deste ano, o Arpu (conta média de celular) registrou 62% com dados e 38% com voz. O presidente da entidade, Eduardo Levy, estima que no próximo ano essa relação deverá se ampliar para pelo menos 80% e 20%.

Esse desempenho se deve também ao forte crescimento da tecnologia 4G (que estimula o usuário a acessar mais os dados do que a 3G). Segundo o balanço da entidade, em outubro deste ano os aparelhos de celular com a LTE já somavam 95 milhões, contra 92 milhões da tecnologia 3G (WCDMA, apenas). Para Levy, a tecnologia 2G (que não traz o acesso à internet), embora também tenha caído muito – havia 52 milhões de devices em outubro do ano passado, e agora são 36 milhões de aparelhos no país), ainda deverá se manter, se não for barateado o smartphone. “ O preço do smartphone tem que cair, pois é a barreira residual para a migração do 2G”, afirmou o executivo.

Fistel

O setor defende também a isenção dos impostos – neste caso, o mais importante agressor são as taxas do Fistel (que também se desdobraram em taxas para o audiovisual (Condecine) e para a EBC (CFRP) – para que a IoT (Internet das Coisas) avance no país. “Com a tributação atual, o desenvolvimento da IoT está comprometido”, vaticina o executivo. Segundo Levy, cada sensor de IoT deverá apurar uma receita anual de R$ 12,00, e terá resultado negativo de R$ 2,29 no primeiro ano de pagamento de todas as taxas setoriais e ICMS , e depois resultado positivo de R$ 1,51 por chip funcionando.

Desempenho

A receita bruta das operadoras do setor apresenta queda, voltando para os patamares de 2013, aponta o SindiTelebrasil, e os investimentos encolheram ainda mais. Até setembro deste ano, as operadoras apresentaram receita bruta de R$ 169 bilhões, contra R$ 172 bilhões de setembro de 2016, ou queda de 1,3%.

Os investimentos, por sua vez, caíram 3,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Até setembro, as prestadoras de serviço investiram R$ 16,9 bilhões, contra R$ 17,4 bilhões de setembro de 2016. Levy observa que esses são valores nominais, sem considerar a inflação, o que significa que os investimentos e o faturamento são ainda menores.

PLC 79

Para ele, esses números confirmam que somente a aprovação do PLC 79 (que permite as concessionárias migrarem para o serviço privado, pagando pelos bens reversíveis em investimentos em banda larga) poderá criar um novo período de crescimento de investimentos no país.

Para Levy, o fato de o projeto não ter sido sequer avaliado este ano pelo Senado Federal pode ser responsabilidade do próprio setor de telecom. “ A indústria não teve a capacidade de mostrar a importância do projeto para o país”, admitiu. Ele espera que em 2018 essa questão se reverta.


E avalia que, se o PLC 79 era visto por alguns segmentos como aquele que iria atender a Oi, esse assunto, para a concessionária, “já passou”. “Sabemos é que novos investidores, como a China Telecom, avisaram que querem a aprovação do projeto para dar maior sustentabilidade ao setor, visto que as receitas das concessões de telefonia fixa estão despencando e isso afeta a todas as concessionárias”, concluiu.

Fonte: Telesintese
26/08/2019

  • agosto 26, 2019
  • luizcft

Chegou a hora de encarar Anthem, Sekiro: Shadows Die Twice e mais tantos outros.



 Além de abrir oportunidades para novas franquias, como Anthem e Sekiro: Shadows Die Twice, vamos finalmente poder acompanhar a conclusão de grandes histórias – alguém falou em Kingdom Hearts 3?
Vai rolar terror, ação, RPG, fantasia e muito mais. Por isso, o GameSpot Brasil listou os principais jogos com lançamento anunciado para 2019.
Mais abaixo, também listamos alguns títulos que podem sair neste ano, mas não tiveram data confirmada até o momento.
De qualquer forma, deixe essa matéria salva nos favoritos do celular ou do computador porque ela será constantemente atualizada!

Agosto

27/8
  • Shenmue 3 (PS4, PC)
  • Control (PS4, Xbox One, PC)

Setembro

Capa Borderlands 3
13/9
  • Borderlands 3 (PS4, Xbox One, PC)

Novembro

star wars jedi fallen order
15/11
  • Star Wars: Jedi Fallen Order

Sem data confirmada



  • Ancestors: The Humankind Odyssey (PS4, Xbox One, PC)
  • Animal Crossing (Switch)
  • Battletoads (Xbox One, PC)
  • Code Vein (PS4, Xbox One, PC)
  • Concrete Genie (PS4)
  • Daemon x Machina (Switch)
  • Dying Light 2 (PS4, Xbox One, PC)
  • Final Fantasy Crystal Chronicles Remastered Edition (PS4, Switch)
  • Gears 5 (Xbox One, PC)
  • Gears Pop! (Android, iOS)
  • Gears Tactics (PC)
  • Luigi’s Mansion 3 (Switch)
  • Man of Medan (PS4, Xbox One, PC)
  • Mario Kart Tour (iOS, Android)
  • Ori and the Will of the Wisps (Xbox One, PC)
  • Pokémon Sword & Shield (Switch)
  • Psychonauts 2 (PS4, Xbox One, PC)
  • The Legend of Zelda: Link’s Awakening (Switch)
fonte: https://www.gamespot.com.br
26/08/2019

  • agosto 26, 2019
  • luizcft


Plano prevê flexibilidade nas leis locais para atrair empresas internacionais e vai enquadrar a cidade como zona econômica especial



26/09/2019 - O governo chinês revelou um plano para tornar Shenzhen, cidade localizada no sul do país (na fronteira com Hong Kong), um modelo em “inovação, serviços públicos e proteção ambiental” até 2025. Para atingir este status, a cidade se tornará uma zona econômica especial, com leis específicas para atrair grandes empresas estrangeiras e desenvolvimento tecnológico.
Neste sentido, o documento afirma que as regulações locais seriam flexíveis, com “aumento da participação popular na política” e baseadas nas necessidades de Shenzhen “por reforma e inovação”.  Claro que qualquer mudança nas regras locais teria de passar pelo crivo do Governo Central. O plano ainda define que, “até o meio do século”, a cidade deverá ser uma referência mundial em inovação e competitividade, e influenciar diretamente o mercado global.
Em relação a ações práticas, além de prever maior flexibilidade nas regulações, o plano afirma que será construído um centro de Big Data em Shenzhen. O empreendimento deve gerar milhares de empregos além de permitir mais aplicações com uso de dados para empresas locais. Além disso, o governo pretende ampliar o portfólio de produtos financeiros que poderão ser oferecidos pelas fintechs da cidade, com foco em transações com estrangeiros.
Área da Grande Baía
A região onde fica Shenzhen, chamada de Área da Grande Baía, é uma megalópole que une a cidade à Macau e Hong Kong. Portanto, o foco do governo neste local não é apenas por causa do potencial inovador, mas também por questões políticas. No momento, a China tenta integrar cada vez mais Hong Kong às leis do país e vem sofrendo com crescentes protestos da população local desde abril, que é contrária ao autoritarismo chinês e à política de extradição.
Com o desenvolvimento de políticas públicas para Shenzhen, a ideia do Governo Central é, segundo o plano, “enriquecer o senso de pertencimento e coesão dos compatriotas em Hong Kong e Macau”. Entre as iniciativas neste sentido, será oferecido status de residente de Shenzhen a cidadãos de Hong Kong que tiverem interesse em cruzar a fronteira. Além disso, serão promovidas atividades culturais focadas na integração da região.
fonte: https://www.startse.com/noticia/ecossistema/68085/china-shenzhen-inovacao-protecao-ambiental. Por: João Ortega
26/08/2019

  • agosto 26, 2019
  • luizcft

Inteligência artificial é o assunto do momento. Na semana passada, o Google anunciou ter criado uma inteligência artificial capaz de entender linguagem de sinais. Enquanto isso, a Apple está investindo – e muito – em seu novo serviço de streaming. No Brasil, a fintech de gestão financeira Guiabolso e o Banco Original realizaram uma integração via open banking. No Sul do país, Florianópolis cada vez mais se firma como um importante pólo de empreendedorismo. Entenda como Florianópolis se tornou um dos principais centros de inovação do Brasil.

Google desenvolve I.A capaz de entender linguagem de sinais

O Google anunciou ter criado uma inteligência artificial capaz de entender linguagem de sinais. A tecnologia utiliza machine learning para realizar “um mapa da mão” do usuário em tempo real a partir de uma câmera de smartphone. Os pontos do mapa são usados para entender os movimentos e compará-los com fotos de símbolos e expressões da linguagem.

Nubank inicia no México com cartão de crédito

O Nubank está iniciando sua expansão no México seguindo o mesmo caminho que trilhou no Brasil: pelo cartão de crédito. Esse foi o primeiro produto lançado pela empresa. Hoje, a startup concentra mais de 12 milhões de brasileiros como clientes. Além do México, o Nubank anunciou sua chegada também na Argentina.

Lei Geral de Proteção de Dados: como ela impacta a sua startup?

A Lei Geral de Proteção de Dados entrará em vigor no Brasil em dezembro de 2020. Ela estabelece como as empresas deverão lidar com os dados pessoais de seus clientes e todas, incluindo as startups, deverão seguir essas regras. Confira como sua startup pode ser impactada.

Apple investe US$ 6 bilhões em conteúdo próprio para streaming

A Apple está investindo – e muito – em seu novo serviço de streaming. A empresa previa gastar US$ 1 bilhão na criação de conteúdo próprio, mas aumentou para US$ 6 bilhõesantes mesmo do lançamento da iniciativa. O TV+, nome do serviço, contará com séries com estrelas de Hollywood como Jennifer Aniston, Reese Witherspoon e Steve Carrell.

Softbank emprestará US$ 20 bi para funcionários aplicarem em fundo

O Softbank, um dos maiores investidores do mundo, também deseja que seus funcionários invistam. O grupo irá emprestar até US$ 20 bilhões para que seus funcionários se tornem investidores do Vision Fund II, novo fundo de capital de risco da empresa. O presidente Masayoshi San pode tomar até US$ 15 bilhões emprestado.
fonte: https://www.startse.com
26/08/2019

CARREIRA

10 motivos do porque não consegue arrumar um emprego


“Por que não consigo arrumar emprego?”. Os profissionais que estão em busca de uma recolocação no mercado de trabalho, costumam repetir essa pergunta quase como um mantra. Entretanto, em meio ao desespero, é importante observar alguns sinais que podem indicar o porquê ainda não conseguiu êxito, principalmente depois de um longo período de procura.

Parceiros

By Ttelecomti. Tecnologia do Blogger.

CARTÃO DE CRÉDITO DIGITAL VIRA FEBRE NO BRASIL: VALE A PENA TER UM?

Nubank fez história ao iniciar operação. Hoje em dia, consumidor tem Agibank, Credicard Zero e Pag à disposição, entre outros. Q...

CONTADOR SEMANAL

VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

Pesquisar este blog

Piada do Dia

Piada do Dia

MENSAGEM DO DIA

MENSAGEM DO DIA

RECEBA NOSSAS NOTICIAS NO SEU EMAIL

Espaço Cultural

Espaço Cultural
copyright @ TTelecomti - 2010/2016

Publicidade

TELECOM

BRASILEIRO JÁ USA MAIS O CELULAR PARA ACESSAR A INTERNET DO QUE PARA FALAR, DIZ SINDITELEBRASIL

Em outubro deste ano, a receita média (Arpu) com comunicação de dados das operadoras foi de 62% contra 38% de voz. E a tecnologia 4G já está em 95 milhões de aparelhos, contra 92 milhões da WCDMA (3G). Mas a 2G só acabará se preço do smartphone cair. +Leia

INOVAÇÃO

Nova CNH terá chip, 'cara' de cartão de crédito e integração com outros países


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vai mudar novamente e adotar o formato de cartão de plástico com microchip até 2019, de acordo com uma nova resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) a ser publicada nesta semana.

Popular Posts

Blog Archive