TV Digital: Uruguai também adota o padrão Nipo-Brasileiro de TV Digital

Uma notícia até certo ponto surpreendente fez o presidente do Uruguai, José Mujica, na última terça-feira de que está revendo a sua posição e escolher o padrão nipo-brasileiro de tv digital (ISDB-T). Essa decisão do presidente uruguaio causou euforia aos integrantes da equipe de transição de Dilma Russeff, e ao mesmo tempo é percebido como uma grande vitória em relação ao padrão europeu. O argumento para essa mudança foi de que houveram poucos investimentos e a TV digital não avançou no Uruguai. O Grande estímulo a utilização do padrão Nipo-Brasileiro, segundo especialistas, é o suporte técnico que o Brasil e o Japão está oferecendo a quem adota a nova tecnologia. O Sinal Brasileiro já atinge a 550 milhões de pessoas. Hoje no padrão ISDB-T já temos: Argentina, Venezuela, Bolivia, Paraguai, Peru, Equador, Costa Rica, e Chile na América Latina. Na Ásia além do Japão temos as Filipinas. A África do Sul que escolheu o padrão europeu, mas acenou a possibilidade de revisão de sua escolha. A decisão tomada pelo Uruguai isola a Colômbia , na América do Sul que adotou o padrão europeu (DVB).  

GVT: Mais duas cidades no portifólio

No dia 16/12 última quinta-feira, a GVT iniciou uma operação pré-comerial nas cidades de Osasco e Guarulhos ambas em São Paulo na região metropolitana. Com duração de 40 dias o pré-comercial serve para que a empresa possa testar todas as rotas de interconexão, ou seja a própria rede. A operadora tem em seus planos de expansão chegar a capital paulista no segundo semestre do ano de 2011, já com oferta composta de TV de assinatura.Em 2011 os objetivos da GVT são ampliar a cobertura das cidades onde já atua,lançar o serviço de TV por assinatura e ampliar a atuação para novas cidades. A GVT pretende lançar um serviço de TV por assinatura com foco na interatividade. A capacidade satelital já teria sida contratada.

Oi: Anuncia James Meaney, atual presidente da Contax, como novo COO

Oi anunciou uma nova estrutura da diretoria. James Meaney, fundador e que atualmente ocupava a presidência da Contax (empresa de contact center ligada ao grupo), será o COO responsável pela ação integrada das ações comerciais e de operações da empresa.  Segundo o comunicado, o nome de Meaney foi escolhido "de forma a assegurar o aproveitamento de sua comprovada competência e experiência, a Oi manterá seus atuais diretores que se dedicaram nos últimos meses a elaborar o plano de expansão da empresa que agora começa a ser implementado".

3G Nextel: Investimentos na ordem de 5.5 Bilhões no Brasil

A Nextel, levou a melhor na luta pelas faixas da Banda H, em leilão realizado nesta terça-feira, 14/12, pela Anatel. O presidente da Nextel evitou revelar estratégias para essa nova etapa da operadora, mas confirmou que devem ser investidos entre R$ 4,5 bilhões e R$ 5,5 bilhões nos próximos cinco anos, valor que já inclui os lances do leilão. A Empresa irá desembolsar R$ 1,2 bilhão por 11 dos 13 lotes em disputa, passando a atuar diretamente no Serviço Móvel Pessoal com frequências 3G. Sergio Chaia, presidente da Nextel no Brasil, afirmou que "Com o 3G a Nextel passa a ser uma operadora nacional e a dobrar seu potencial de crescimento no Brasil, com ganhos de escala em equipamentos e aparelhos e nós pretendemos repassar esses ganhos". É provável que a Nextel deva manter a política agressiva que lhe permitiu crescer 40% ao longo dos últimos anos, especialmente ao trazer para o Brasil a tecnologia HPTT, que combina rádio com 3G. A banda larga será prestada em HSPA e a empresa deve atuar tanto no ramos dos smartphones como dos modems móveis.

3G - Banda H: Nextel vai desembolsar cerca de R$ 1,2 bilhão pelas licenças para operar serviço

A Nextel na última terça- feira entrou no mercado de telefonia celular de terceira geração (3G), cuja principal característica é o acesso à internet em banda larga. A empresa arrematou 11 dos 13 lotes da chamada banda H leiloados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A expectativa da agência reguladora é que, até 2018, quase 275 milhões de linhas estejam operando no país. Destas, 125 milhões de banda larga. A Nextel, que já opera no serviço móvel especializado (SME), também conhecido como trunking, chegou a pagar ágio de 205,5% por um dos lotes arrematados. No total, a Nextel vai desembolsar cerca de R$ 1,2 bilhão pelas licenças para operar o serviço de telefonia celular 3G. Os dois lotes restantes ficaram com a CTBC (operadora de telefonia do Triângulo Mineiro), que pagou ágio de 32,41% pela área que abrange municípios do interior do estado de São Paulo; e com a operadora de telefonia móvel Oi, que ofertou um valor 62,29% superior ao preço mínimo pela área que abrange cidades do interior de Minas Gerais. Com o leilão a agência espera que, no prazo de 60 meses, todos os municípios com mais de 100 mil habitantes sejam atendidos pela banda H de telefonia celular. No caso das capitais e cidades com mais de 500 mil habitantes, o prazo determinado pela agência é de dois anos, no máximo.

Estatística: 8% dos americanos usam o twitter diariamente

Em pesquisa recentemente realizada pelo Pew Research Center constatou que 8% dos americanos são intusiastas e acessam regularmente a rede social twitter. A Pesquisa foi derivada de um estudo do centro de pesquisas Pew&Internet & American Life, que tenta identificar quais as mudanças que ocorrem em torno da disseminação da tecnologia nos Estados Unidos. Quem usa regularmente? A resposta é os mais jovens. A Principal procura é de novos conteúdos postados por outras pessoas. Segue ao lado uma figura com a estatística.

HTC: Produção de smartphones em 2011 três vezes maior que 2010

A disputa em 2011 pelos usuários de smartphones promete ser acirrada, a HTC (High Tech Computer) empresa Taiwanesa solicitou um pedido três vezes maior que o de 2010 a seus fornecedores de peças e componentes, com o objetivo de produzir 60 milhões de smartphones. A HTC está buscando um maior crescimento em 2011. Para que isso aconteça a empresa reuniu em Taipei, capital de Taiwan seu corpo executivo e mais de 200 executivos de 100 fornecedores.

Banda H : ANATEL credenciou 9 grupos

A Anatel credenciou no dia 9 de dezembro , seis grupos para participarem do leilão da banda H, última faixa disponível para uso da tecnologia 3G. O processo de licitação está marcado para o dia 14 de dezembro. São eles: BrasilTelecom (Oi) , Americel(Claro), Claro S.A, CTBC, Nextel, TIM, TNL(Oi), Vivo Participações e Vivo S.A. Na prática são seis competidores: OI, VIVO, CLARO, Nextel, CTBC, TIM.

Claro: Parceria para venda de Jogos em HD para o Galaxy Tab

A Gameloft anunciou nesta quarta-feira, 8, o lançamento de sete títulos em alta definição para o Galaxy Tab, da Samsung: Asphalt 5, Let´s Golf!, NOVA, Hero of Sparta, Modern Combat: Sandstorm, Dungeon Hunter, Gangstar: West Coast Hustle. Cada game está sendo vendido por R$ 5,99. A compra pode ser feita através da loja virtual da Gameloft ou via SMS com a Claro. A venda via SMS uma vantagem permite a cobrança direto na conta do usuário. Com telas em alta definição, os tablets começam a atrair a produção de jogos e vídeos em HD. Todos estão devidamente traduzidos para o português. Além disso, versões demo do NOVA e do Asphalt 5 em HD, assim como um widget para acesso à loja da Gameloft, virão embarcados nas unidades do Galaxy Tab vendidas pela Claro.

Google Books: Nova investida da Google


Com o objetivo de ser um forte concorrente no mercado de livros digitais para Amazon, Barnes & Noble e da Apple, a Google lança o Google Books. Os executivos da Google, descrevem como um ecossistema aberto que vai oferecer mais de 3 milhões de livros , incluindo centena de milhares e milhões em venda livre. Mais de 4 milhões de editores, incluindo livros comerciais de grandes empresas como Random House , Simon & Schuster e Macmillan , fizeram os livros disponíveis para a venda no Google, muitos a preços que são idênticos aos de outros e-livrarias. Os clientes podem configurar uma conta de compra de livros, podem armazená-los e lê-los em smartphones e e-leitores. Não serão necessárias para se ler o livro de conexão a internet.
Acesse: http://books.google.com/books

Ex-Telefonica é novo diretor geral da unidade de TV por assinatura da OI

Ariel Dascal, ex Diretor de atacado e interconexão da Telefônica é o mais novo integrante da Oi. Ele será responsável por todo o projeto de TV por assinatura do grupo Oi, cuidando de tudo desde marketing, vendas, operações, atendimento até a programação das operações de cabo, DTH, IPTV e do canal OiTV. A função de coordenar a OiTV estava sem titular desde a saída de Carlos Watanabe, em julho, que ocupava a gerência de TV paga. A Perspectiva da Oi é que ocorra um ganho de market share. Ariel Dascal nos últimos cinco anos na Telefônica atuou na implantação de projetos como o DTH e o serviço de IPTV, além da área de operações de campo e por fim a diretoria de atacado. Anteriormente Dascal foi consultor da McKinsey nas áreas de telecom e mídia.

SVA: Mobile Entertainment Forum criou um termo de conduta para o setor no Brasil

Vinte e duas  empresas que participaram da elaboração do termos de conduta para a venda de conteúdo móvel no Brasil, que são: Abril, Arvato, Bolicel, Buongiorno, CFLA, Claro, DADA, Flycell, Mobile Intelligence, Movile, Neo Mobile, Oi, PlayPhone, PureBros, Supportcomm, Spring Wireless, TakeNet, TIM, Timwe, Vivo, Zed e Zero 9. O termo estabelece uma série de diretrizes para uma venda mais transparente e ética de serviços de valor adicionado (SVAs) no País, pois o segmento vinha sendo alvo de constantes reclamações dos consumidores, principalmente quanto a pacotes de assinatura semanal. O documento abrange temas como propaganda e promoção de serviços; transparência nos textos das mensagens e tipos de serviços; e clareza nos mecanismos de adesão, renovação e cancelamento dos serviços. Em julho passado a Anatel enviou ofício para as operadoras determinando algumas diretrizes para o segmento de SVAs, como o duplo opt-in na venda de conteúdo móvel via SMS. Na época, o MEF já trabalhava na elaboração do termo de conduta unificado. A iniciativa da entidade procura demonstrar que o mercado de SVA é capaz de se auto-regular. Esse termo deve ter forte presença no mercado pois as 4 grandes operadoras de telecom participaram desse estudo.

3G: Na China corresponde a 5%

Em final de Outubro de 2010, a China bateu na casa 38,64 milhões de linhas 3G em serviço, o que representa o triplo do que existia um ano antes. Mas, esse número ainda é pequeno em relação a base total de assinantes móveis do país, mais precisamente 5%. Do total de acessos 3G, 17 milhões são da China Mobile; 12 milhões, da China Unicom; e quase 10 milhões, da China Telecom. O país tinha, ao fim de outubro, 842 milhões de linhas móveis em serviço, ou 95 milhões a mais do que o verificado um ano atrás. A China Mobile continua sendo a maior operadora do mundo em número de assinantes, tendo atingido a marca de 575 milhões de linhas em serviço. Os números foram apresentados pelo Ministério da Indústria e da Tecnologia da Informação da China e divulgados pelo site Rethink Wireless (www.rethink-wireless.com).

MVNOs: Novas empresas de telefonia no mercado brasileiro

A Anatel aprovou no último dia 18/11, as regras para que novas empresas se tornem operadoras de telefonia celular, ainda que não possuam redes nem radiofrequências.Há duas modalidades para a atuação:

 1. Operadora virtual -  Numa delas, de autorizada virtual, uma empresa faz um contrato para utilizar parte da rede de uma das atuais prestadoras e com esse “aluguel” de infraestrutura passa a oferecer o serviço. Dessa forma, as autorizadas virtuais funcionam de forma praticamente idêntica às atuais operadoras – tendo como única diferença o fato de que usam redes e espectro alugados. 
       Requisito: Elas precisam de licença da Anatel para funcionar e, para efeito prático aos consumidores, é como se uma nova operadora celular passasse a atuar no mercado, uma vez que a autorizada carrega as mesmas obrigações das atuais.

 2. Prestação do serviço móvel é através de credenciadas. “É uma espécie de representante comercial da operadora”, diz o conselheiro João Rezende. O vínculo das credenciadas se dá somente com a prestadora de origem – as atuais empresas que dispõe de rede e espectro – cabendo a essa última a responsabilidade sobre as obrigações relativas aos clientes. 
       Requisito: No caso das credenciadas, a agência apenas homologará contratos firmados entre elas e as operadoras de origem. Ou seja, toda a negociação será eminentemente privada. A Anatel permitirá que as atuais operadoras sejam controladoras, controladas ou coligadas das credenciadas.
     Importante: Por outro lado, caso uma credenciada queira mudar de operadora de origem, poderá levar com ela os clientes conquistados. 

A ideia de ampliar o mercado móvel com as operadoras virtuais é viabilizar operações de nicho. “O objetivo é ampliar a oferta de serviços no SMP, aumentar a competição e a diversidade de serviços”, resume o presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg. Assim, é possível imaginar clubes de futebol, bancos e redes de varejo oferecendo o serviço com pacotes especiais para determinados grupos de consumidores.
Com o regulamento em vigor, a agência acredita que as primeiras operações virtuais já estarão funcionando a tempo de aproveitar a melhor data do ano para o setor, o Natal. O que ninguém parece lembrar é que o maior mercado do país, São Paulo, enfrenta justamente nesse mesmo período uma escassez de números disponíveis – motivo, inclusive, da proposta de criação de um novo DDD para a região do código 11.

Acer: Novo Smartphone ainda sem nome comercial

O Novo metal-clad smartphone Acer é alimentado por um processador Snapdragon de 1 GHz e pode capturar fotos de 8 megapixels e vídeo de 720p. Os destaque continuam com Bluetooth 3.0, Wi-Fi 802.11g, 14,4Mbps HSPDA e porta HDMI. O Preço ainda está para ser revelado, mas seu lançamento ofcial está previsto para Abril de 2011, com sua tela de 4,8 polegadas e sistema operacional Android torna-se bem atrativo aos amantes de tecnologia.

4G: Operadora da Dinamarca prestes a fazer a transição

A TDC, operadora líder na Dinamarca, está prestes a fazer a transição para o 4G. Para isso fechou uma parceria com a Ericson para fornecer e gerenciar a rede em nível nacional. A Ericson oferecerá uma rede 4G completa, incluindo estações rádio base da família 6000, solução Evolved Packet Core (EPC), além da oferta completa de serviços gerenciados. Este é o primeiro contrato de amplo escopo para serviços gerenciados firmado pela Ericsson para uma rede LTE.

Na China, a parceria entre a China Unicom e a Ericsson foi ampliada após a assinatura de um contrato de três anos para serviços de manutenção em campo. A Ericsson cuidará da manutenção dos sites das estações rádio-base, bem como pela rede fixa e transmissão. Este é o maior contrato de serviços gerenciados firmado entre as duas empresas até hoje.

4G: Uma realidade ou sonho para o Brasil?

Segundo a Qualcomm ainda é cedo para se falar em 4G no Brasil, que uma possível realidade seria para 2013. Nesse momento entende-se não ser necessário se começar com essa tecnologia. Os executivos da empresa americana defendem a decisão da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) que prevê a destinação da faixa de 2,5 Gigahertz (GHz) para viabilizar a entrada da 4G da telefonia móvel em 2013. Segundo o diretor de relações governamentais da Qualcomm do Brasil , Francisco Soares, a tecnologia 4G no Pais será usada por nichos onde a demanda é maior.

TV Digital:Na África, Padrão SBTVD x DVB europeu?

Em decisão anunciada dia 23/11, após reuniões entre técnicos e ministros, a Comunidade para o desenvolvimento para a África Austral bateu o martelo e endossou a primeira opção já feita pelo padrão europeu de TV digital (DVB 2), em 2006, porém deixou a decisão final para cada país individualmente.

O DVB, da Europa, levou vantagem sobre o SBTVD (Sistema Brasileiro de TV Digital), padrão nipo-brasileiro,na África, mas a batalha não foi perdida. O ISDB-T (Serviço Integrado de Transmissão Digital Terrestre) fincou os pés naquele continente ao obter o endosso de três países - Moçambique, Angola e Botsuana.

.A decisão contraria os planos do governo do Brasil e do Japão, que apostavam numa reversão de tendência em função dos bons resultados técnicos do padrão nipo-brasileiro - não foi encarada como uma derrota pela delegação brasileira que acompanhou as discussões, em Lusaka, na Zâmbia. O Brasil possui alguns apoiadores Moçambique, Angola e Botsuana que conseguiram manter a porta aberta para o padrão nipo-brasileiro, o SBTVD, ISDB-T”, acrescentou em entrevista à Agência Brasil.

A maioria dos integrantes da comunidade: África do Sul, Angola, Botsuana, Congo, Lesoto, Madagascar, Malaui, Ilhas Maurício, Moçambique, Namíbia, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia e Zimbábue sinalizou que devem seguir a recomendação.

Brasil e Japão já começaram a discutir com seus apoiadores a realização de mais testes de campo. “O uso da tecnologia, na prática, pela população, será decisiva”, afirma Barbosa. “Vamos fazer testes em Maputo (Moçambique), Luanda (Angola) e Gaborone (Botsuana), com set-up boxes  (conversores) e celulares”. Japoneses e brasileiros reúnem-se na semana que vem, em Tóquio, para tratar dos próximos passos a serem adotados.

Growing Up Digital, mas com muita distração

Os estudantes de uma maneira geral sempre enfrentaram distrações e desperdiçadores de tempo. Mas os computadores e celulares, e de constante fluxo de estímulos que eles oferecem, são um desafio novo
e profundo para a concetração e a aprendizagem. Os especialistas dizem que a atração dessas tecnologias é particularmente poderosa entre os jovens. O risco, dizem, é que o cérebro em desenvolvimento pode mais facilmente alternar constantemente tarefas do que o cérebro adulto e menos capazes de sustentar a atenção. Michael Rich, um professor associado da Harvard School e diretor executivo do Centro de Mídia e Saúde da Criança, em Boston disse:" Seus cérebros são recompensados não para permanecer na tarefa, mas para pular para a próxima coisa". E os efeitos podem demorar: " A preocupação é que estamos levantando uma
geração de crianças na frente das telas, cujos cérebros estão sendo moldados de forma diferente".

Eike Batista e Steve Jobs da Apple no Rio?

Eike Batista o milionário brasileiro, sempre atento a novas oportunidades de novos negócios demonstrou interesse em aproveitar o mercado que a Apple ocupando timidamente no Brasil. Eike está negociando com os fabricantes dos produtos da Apple na Ásia. Mas você pode estar se perguntando como? Eike está contanto com a infraestrutura do superporto de Açú. Anunciado como o maior investimento de infraestrutura portuária da América Latina, o porto de Açú está orçado em R$4,3 milhões bilhões. As obras foram iniciadas em 2007e a previsão é de que o porto vá entrar em operação em 2012. A EBX de Eike quer atrair fabricantes de tecnologia  digital para superporto de Açú , por considerar o setor importante, inclusive a Apple. Eike iniciou suas negociações pelos fabricantes e depois será com a Apple de Jobs. Vamos aguardar e ver o desenrolar dessa ação. A boa notícia é que possivelmente poderemos ter produtos da Apple com preços mais atrativos.

LG Froyo - Vendas superior a 1 milhão em 40 dias

Não é segredo para ninguém que a divisão de celulares da LG tem encontrado dificuldades para se posicionar no mercado, mas parece que o pior ficou para trás e eles retomaram o caminho certo novamente. Seu mais recente smartphone Android o Froyo já vendeu mais de 1 milhão de unidades em apenas 40 dias após o seu lançamento oficial de acordo com um comunicado a imprensa emitido pela empresa. Essa notícia não poderia ter vindo em melhor hora, o Froyo se torna um dos mais bem sucedidos (senão o mais bem sucedido) lançamentos da LG.    

Claro e Brahma juntas no celular

A cervejaria Brahma e a Claro decidiram investir nessa ideia e lança esta semana o chip do Brahmeiro. A Claro que provê o serviço para os chips do Corinthians e da TV Canção Nova, tenta mais uma vez criar um serviço diferenciado atacando mais uma paixão nacional que é a cerveja. Inicialmente, o chip da Brahma será comercializado apenas no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte. Será oferecido em promoções, junto com a venda de packs da cerveja, ou poderá ser comprado através do 
site da marca. O conteúdo oferecido no menu do chip será gratuito e será relacionado a futebol, permitindo que o cliente defina sobre qual clube quer receber informações. A escolha do futebol combina com o mote da atual campanha de marketing da cerveja no Rio de Janeiro, com outdoors espalhados pela cidade enaltecendo as qualidades de cada um dos grandes times da capital fluminense. 
Enquanto não entra em vigor a regulamentação para a criação de operadoras móveis virtuais (MVNOs), o chip customizado parece ser a melhor saída para  marcas que desejam se relacionar com seus clientes através dos telefones celulares, especialmente para aquelas cujo público alvo não possui aparelhos de gama alta.

TV Digital: Padão SBTVD Brasileiro pode ser adotado também pela Colômbia

O Ministro da Tecnologia da Informação e Comunicação da Colômbia, Diego Molano revelou ao jornal Evaluamos que anda insatisfeito com a União Europeia por conta de um repasse que não aconteceu a mais de um ano no valor de US$ 40 milhões para assegurar a adoção do DVB, como padrão de TV Digital.  Disse ele que, pode sim, 'repensar' a opção e se juntar aos demais países da América Latina no uso do SBTVD. O tema será discutido em uma reunião, agendada para esta semana, em Bruxelas, com a vice-presidente da Comissão Europeia, Neelie Kroes, responsável também pela Agenda Digital da Europa.Nesse encontro, o ministro colombiano revelará a sua insatisfação. O país enfrentou uma briga com os demais países da América Latina e, até agora, tem sustentado sua posição favorável ao DVB, mesmo com a mudança de curso de outros como o Chile e Argentina, que migraram para o SBTVD. Mas sem dinheiro dos europeus, a Colômbia acena, agora, para o SBTVD, até em função, das oportunidades que o padrão nipo-brasileiro podem gerar em termos de investimentos em TIC.  A possibilidade é que o Brasil/Japão ofereçam os mesmos US$ 60 milhões que serão dedicados ao Uruguai, para o início de uma negociação. A Colômbia possui,hoje, mais de 42 milhões de habitantes - ante os pouco mais de 3,4 milhões do Uruguai, se tornando bastante atrativo para os negócios na TV Digital.A postura da Colômbia - que denuncia o não repasse dos recursos da Comunidade Europeia em prol do DVB - ajuda o Brasil do outro lado do continente, uma vez que até o final deste ano, a África também fará a opção entre o DVB e o SBTVD.

Oi garante que Copa 2014 não terá problemas de infraestrutura de Telecom

O Presidente da Oi, Luiz Eduardo Falco disse que a OI que já foi selecionada pela FIFA para prover a infraestrutura de Telecom já está trabalhando para a Copa de 2014. Segundo ele, equipes de engenharia já foram enviados a Alemanha, África do Sul e Londres para conhecerem os modelos adotados em 2006 e 2010 na Copa do Mundo e o que será utilizado nas Olimpíadas de 2012. Na contramão do que relatam alguns especialistas que falam sobre a baixa qualidade da banda larga e problemas de definição de estratégia, Falco garantiu que "o Pais fará a melhor Copa de todos os tempos na parte de telecom" e continua "posso garantir que não haverá qualquer problema de infraestrutura de telecom. O estado da arte estará disponível nos estádio e arredores. Na África do Sul eles começaram tarde. Nós não, estamos fazendo tudo."

TIM larga na frente: venda do tablet da Sansung começa dia 19 desse mês

O que muitos brasileiros esperavam a  TIM começa a tornar realidade e inicia disputa pelo mercado de tablets no Brasil. Na próxima sexta-feira, dia 19, a operadora começa a vender o Samsung Galaxy TAB, tablet android, que alia as facilidades de um netbook às de um celular. O tablet permite acesso a diversos aplicativos e roda sistema operacional Android 2.2.

A TIM/Samsung pode ganhar um mercado que hoje é desprezado pela Apple, dona do iPAD, que não revela intenção de apostar no potencial do usuário brasileiro, tanto que não se tem ideia do volume que será disponibilizado pela fabricante para a venda do tablet no país.

O Samsung Galaxy TAB é compatível com a tecnologia 3G e conexão Wi-Fi. Permite o uso de serviço de voz e acesso à web, além de TV digital e analógica. O Galaxy TAB possui tela de 7”, multitouch, câmera de 3MP para fotos e vídeos, e câmera de 1.3MP para a realização de videoconferência. Ele conta ainda com acelerômetro, funcionalidade swype para textos, 16GB de memória com entrada para cartão de até 32GB e processador de 1.2GHz.

O cliente poderá adquirir o Galaxy TAB em lojas da TIM por R$ 2.280 ou em 12 parcelas sem juros de R$ 190 nos cartões de crédito. Para uma experiência completa, a TIM disponibiliza pacotes de voz e dados para atender aos diversos perfis de uso.

TV Digital : Laboratório de Testes para Aplicações

A Intacto TV Digital disponibiliza o seu laboratório com Playout, Carrossel de Aplicações e servidores de SI para que desenvolvedores de todo o mundo possam testar suas aplicações TVD via ar, em diferentes marcas de conversores, simulando uma emissora real. Esse é o projeto OpenITVLab, que tem o intuito de valorizar o trabalho dos desenvolvedores, e trazer à público o potencial criativo que a TV digital possui.

Para participar do projeto, os desenvolvedores e demais interessados devem acessar o site http://www.intacto.com.br/OpenITVLab e submeter suas aplicações. Para cada teste realizado, será enviado um vídeo da aplicação em execução para o autor.

Os vídeos autorizados serão divulgados pelo @TVdigitalBrasil e poderão ser visualizados no nosso canal no youtube http://www.youtube.com/TVdigitalBRA

No site do projeto já estão disponibilizados alguns vídeos de testes executados.

Saiba mais: http://www.intacto.com.br/OpenITVLab

Compra coletiva crescimento de 231% em três meses

Site de compras coletivas superam expectativas, segundo IBOPE os sites chegaram a registrar 5,6 milhões de usuários no mês de setembro, ou seja, 14% dos usuários de internet no mês. Os dados mostram que os internautas entre 25 a 34 anos são os que mais usam os sites de compras coletivas e correspondem a 38,3% do total de usuários . Desde junho desse ano de 2010 houve um crescimento de 231% . Pelos dados do Ibope, os homens são maioria entre os usuários dos sites de compras coletivas: 53,5% do total. Eles superam as mulheres em todas as faixas etárias a partir de 12 anos. A pesquisa da Ibope Nielsen Online monitora 18 domínios de sites selecionados como “descontos e compras coletivas”. Ainda em setembro, o número total de usuários ativos no trabalho e em residências foi de 40,6 milhões. O número é 14% maior que o do mesmo mês de 2009 e 2,4% menor que o do mês anterior.

Meego : Nova Plataforma para Smartphones e Computadores

O Meego é um Sistema Operacional (SO) desenvolvido pela Intel e pela Nokia  que pretende revolucionar a interação do usuário com os aplicativos. O grande diferencial dessa plataforma é a possibilidade de ter as aplicações em diversos gadgets ao mesmo tempo. Ou seja, aquilo que você usa em um smartphone, você terá também no netbook, por exemplo.

"Como ela viabiliza diversos tipos de dispositivos, ela também permite que pessoas possam utilizar as mesmas aplicações que elas utilizam nos dispositivos atuais em novos dispositivos que elas venham a comprar ou a substituir sem a necessidade de troca de aplicações", explica Américo Tomé, gerente de produtos da Intel.
Os primeiros netbooks compatíveis com o Meego devem chegar logo no mercado brasileiro. Notebooks, smartphones e PCs também vão ter versões dessa nova plataforma.

 E uma universidade finlandesa já está fazendo pesquisas para um programa que parece coisa de filme de ficção científica!

"Inclusive existe até a possibilidade de você ter interfaces 3D, hologramas das pessoas com quem você está falando no celular, para tornar a sua experiência mais rica e amigável possível", complementa Américo.

E não são apenas o usuários que ganham com a nova plataforma. A possibilidade de integração com diversos aparelhos eletrônicos que utilizam o Meego é um grande incentivo para os desenvolvedores dedicados à área.

"Como ele quer essa compatibilidade através de diversos segmentos de mercado, isso facilita a vida do desenvolvedor e agiliza o processo de desenvolvimento", diz Tomé.

Para maiores informações acesse o site: www.meego.com

Apple convida desenvolvedores a produzirem app para o Mac

Os desenvolvedores que criaram apps para produtos da Apple incluindo iPhone, iPad e iPodTouch , estão recebendo o convite por email a apresentar candidatura de app para o próximo Mac App Store. Steve P. jobs, CEO da Apple anunciou no mês passado uma nova plataforma concebida para permitir aos usuários download de software para seus Macs. Jobs disse que a empresa aprendeu muito sobre jogos, software e fornecimento de conteúdo através da loja do iTunes, do iPhone e iPad e queria trazer essa facilidade também para os Macs. As idéias apresentadas passarão por um processo de aprovação da Apple antes de serem aceitas na loja. A expectativa da Apple é de abrir novos negócios com software de prateleiras.

Apple busca nova era na computação - Cloudy (computação na nuvem)

Que Steve Jobs é um visionário, disso ninguém duvida. Pois é, Jobs tocou o sino da morte para mais outra peça da tecnologia : os discos ópticos como CD e DVD. Para que isso se torne uma realidade Jobs usa a sua nova arma o MacBookAir com uma pequena ajuda da loja do iTunes é claro. Em outras palavras não espere um slot de DVD no seu laptop Mac que vem. A Apple pretende substituir os discos com o iCloud, onde o software, música, vídeo e seus próprios conteúdos pessoais voam no ar. Para aumentar a pressão a Apple está contra o Google, uma empresa que tem crescido, essencialmente na nuvem, e construiu uma série de serviços de sucesso para essa nova era do software. Nada disso é novidade para Steve, que está preparando um datacenter no Norte da Carolina  de 500 mil metros quadrados, que estará aberto em breve. A Apple está com muita cautela e não pretende mudar tudo e todos para a nuvem ainda. Vamos esperar para conferir.

Apple ultrapassa a RIM e Sony Ericson fora do TOP 5

De acordo com  analistas da indústria  IDC, mercado de celulares cresceu 14,6%, com 340 milhões de unidades vendidas. Smartphones estão desempenhando uma papel cada vez maior. A previsão é de que a cota de smartphones cresçam mais 50% até o fim do ano. A Apple e a RIM apresentaram taxas mais elevadas em relação ao ano passado, segundo os dados apresentados pelo IDC. A Sansung está segurando com bravura o segundo lugar pois vendeu mais celulares do que nunca em sua história. Em grande parte graças ao smartphones Galaxy S. Quem vem decepcionando é a LG e a Sony Ericson que vêem seus lucros ladeira abaixo. A LG está em terceiro nesse mercado e está mudando seu CEO nesse trimestre como uma tentativa de reversão do quadro. A Sony Ericson que sempre figurou no TOP 5 nesse momento se encontra fora.

Você é inovador? Sua Empresa é Inovadora?

Inovação é o tema do momento. As empresas de telecom e profissionais de primeira linha no mercado sabem que para conquistar novos mercados a inovação tem que estar presente. Ser curioso, ler e estudar muito são alguns dos requisitos de um inovador. É preciso estar antenado e trabalhar muitas horas além do horário comercial , porque a inovação é fruto de muita teimosia e pesquisa. Profissionais inovadores possuem sensibilidade em perceber uma boa oportunidade e a habilidade de examiná-la sob vários aspectos e ângulos diferenciados gerando soluções valiosas. Deve-se cultivar o hábito de olhar atentamente ao seu redor com interesse e sempre receptivo a novas idéias e pontos de vista. Para que uma empresa possa ter um choque de realidade e estimular ações inovadoras é preciso que a empresa se torne um ambiente seguro para se dizer a verdade , onde se promova e valorize a experimentação, reconheça que toda inovação envolve riscos e que saiba lidar de forma madura com eventuais insucessos. Segundo a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) 71,4%  das grandes empresas brasileiras investiram em inovação tecnológica, isso prova que além de necessária se torna estratégica. Busque a inovação você será destaque nesse mercado tão competitivo.

Tablet da ZTE anunciado na Futurecom em São Paulo


Na  Futurecom  na última 4a feira a ZTE anunciou que vai começar a vender seu tablet ZTE Light ainda esse ano no Brasil. O aparelho vem com o sistema operacional 2.2 Android, da Google.  O ZTE Light oferece uma tela de 7 polegadas. O aparelho permite navegação na internet usando 3G ou Wi-fi, viva-voz direto no equipamento, câmera digital de 3 megapixels para videoconferências, GPS e bateria com duração estimada de 10 horas.O ZTE Light pesa apenas 403g. O Produto deve chegar as lojas brasileiras por um preço médio de R$1.500,00.

Oi levará velocidades de 4 a 100Mbps na banda larga

A pretensão da OI é ofertar velocidades de 4 a 100Mbps. Para isso fez um raio x das principais cidades da região 1 e 2 para ampliar as velocidades da banda larga, através de uma rede de fibra ótica. Por enquanto não estará disponível na cidade toda.  A OI mapeou nichos de onde a demanda pela alta velocidade possa ser uma realidade. Foram mais de 40 cidades mapeadas. No planejamento as próximas cidades beneficiadas pela fibra ótica serão Londrina e Ponta Grossa no Paraná. Todo o investimento em rede de fibra ótica está com os parceiros da OI. 



Falar no celular no avião, já é possível? A TAM garante que sim!

Nessa quinta feira dia 27 de outubro a TAM colocou em operação o seu sistema de telecomunicações a bordo de aeronaves, em parceria com a empresa OnAir. Um Airbus 321 é a aeronave que fará o piloto que hoje faz as rotas entre Guarulhos, Recife, Natal, Fortaleza e Porto Alegre. O Serviço utiliza os satélites da Inmarsat SwiftBroadband. Todas as funcionalidades do telefone ficam ativas como o sistema, porém a sua chamada estará em roamming internacional, ou seja com tarifas mais altas do que a utilização regular. A rede de dados disponível é a GPRS. A cobrança será feita pela própria operadora do cliente. Oito usuários podem falar simultaneamente. Em termos de confiabilidade o sistema já foi utilizado em mais de 135 mil voos com passageiros de 83 países. A TAM recebeu a aprovação técnica da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para ter o sistema de celular a bordo instalado na aeronave e a certificação operacional por parte da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Além disso, o sistema foi certificado pela European Aviation Safety Agency (EASA) e sua utilização foi regulamentada recentemente pela União Europeia.

TIM admite que preço da banda larga é muito alto para o brasileiro

O Presidente da TIM Brasil, Luca Luciani, já declarou que o custo da banda larga é muito alto para o consumidor brasileiro. A TIM insiste na tese do compartilhamento de infraestrutura de transmissão pública ou privada para ampliar a cobertura de rede e reduzir o preço ao consumidor final. A Limitação existente hoje na opinião de Luciani, está na fibra ótica. Na Futurecom 2010 em sua apresentação Luciani observou que o Brasil ocupa a 4ª posição no serviço móvel, perdendo apenas para os Estados Unidos, China e Japão. Mas ressaltou que no Brasil e na China são as principais perspectivas de crescimento. Sobre o 4G a TIM através de seu presidente declarou vai entrar sim nos leilões por freqüência de espectro – sobra do SMP e da 4G, previsto para o ano de 2011. Mas acrescentou  que ainda há muito por fazer na terceira geração. 

Tablet da HP - Slate 500 foca mercado corporativo


O Tablet Slate 500 da HP (Hewllet- Packard) rodará o Windows 7 , da Microsoft. Seu custo gira em tordo de U$799 e será focado no mercado corporativo. A HP tem por objetivo trazer a experiência do PC para dentro de seu tablet, ou seja um foco diferenciado de seus concorrentes que trazem a percepção de um smartphone. O Slate 500 traz um processador Atom, da intel (os mesmo usados em alguns netbooks) , terá tela de 8,9", multi toque , pesa em torno de 600g vem com 64 Gb de memória , caneta stylus e wi-fi. O Ponto negativo está em não oferecer o 3G e o ponto positivo é que sua bateria dura até 5h. Só para você leitor ter uma idéia os demais tablet estão variando na Apple na faixa de U$499 e U$699 (IPAD), a Verizon com o Sansung Galaxy Tab na faixa de U$600, e a Dell com o Steak sai na faixa de U$550, preços nos Estados unidos que dá uma referência para quando chegar ao mercado brasileiro.Mas a HP promete não parar por aí, informa que no ano de 2011 teremos novidades.

Vivo na liderança em Setembro de 2010 segundo a Anatel, Brasil com mais de 191 milhões de Celulares

No mês de setembro o Brasil registrou 2.043.747 de habilitações (crescimento de 1,08% em relação a agosto) e alcançou a marca de 191.472.142 de acessos do Serviço Móvel Pessoal (SMP), densidade de 98,98 acessos por 100 habitantes (1% a mais que o mês anterior).  Os dados são da Anatel, que periodicamente divulga dados sobre telefonia móvel em seu portal. O Maior volume de celulares é de Pré-Pago. Do total de telefones móveis, 157.283.453 (82,14%) são pré-pagos. Os demais, ou seja, 34.188.689 (17,86%), são pós-pagos. Com relação a liderança do mercado está com a VIVO, com 57.714.394 de acessos (30,14%); seguida pela Claro, com 48.766.711 (25,47%); TIM, com 46.946.628 (24,52%); Oi, com 37.357.581 (19,51%); CTBC, com 589.394 (0,31%); Sercomtel, com 77.129 (0,04%); e Unicel, com 20.305 (0,01%). Na participação por tecnologia, o GSM predomina, com 168.638.923 (88,07%), seguido pelo WCDMA, com 12.145.350 (6,34%).

Microsoft tenta recuperar mercado com o seu Windows Phone 7

Na Nova Zelândia foi vendido o primeiro Windows Phone 7, foi um smartphone HTC 7 Trophy da Vodafone. Ele desenbolsou em torno de 799 EUR. Na Austrália e no Reino Unido estão vendendo o HTC 7 Mozart. Além dos Smartphones da HTC, o Sansung Omnia 7 também está com o sistema operacional da Microsoft. Será a retomada do gigante adormecido???

TI priorizada na Copa do Mundo de 2014


Investimento e TI será uma das prioridades para o Brasil até a Copa do Mundo de 2014. Quem garante é o ministro de Ciência e Tecnologia, Sérgio Resende. Ele informou que o setor de telefonia receberá subsídios para expandir sua cobertura, com a tecnologia LTE, a 4G da telefonia móvel, ao menos, nas cidades-sede do Mundial.
As declarações foram feitas durante workshop na Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), realizado na sexta-feira, 15/10, e que marcou o lançamento do Programa 2014-Bis, voltado para investimentos em projetos de inovação tecnológica para os grandes eventos esportivos que o país sediará nos próximos anos, como a Copa 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. A Finep coordena o programa, cujos investimentos podem chegar a cerca de R$ 120 milhões somente nesta primeira fase.
O aporte de recursos tem uma meta: Impedir a importação de conhecimento e fomentar a ciência nacional. "É uma oportunidade para pesquisadores e empreendedores desenvolverem tecnologias para esses eventos esportivos", declarou o ministro Sérgio Rezende. O desafio é grande. "Embora a Copa seja daqui a quatro anos, não temos todos esse tempo. Tudo deve ser feito com antecedência, a meta deve ser 2013. Temos um ano para conceber e definir os projetos e dois anos para executá-los", explicou Resende.
Apesar de evitar dar detalhes - até porque o tema é polêmico - o ministro admitiu a concessão de subsídios para o setor de telefonia ampliar sua cobertura em 4G nas cidades-sede do mundial. Para isso, no entanto, é preciso que a Anatel mantenha a antecipação do cronograma de leilão de frequência - a agência prevê fazer o leilão da faixa de 2,5GHz, voltada para o LTE - em fevereiro de 2011, exatamente, para possibilitar o uso da tecnologia na Copa do Mundo. 
Para o presidente da Finep, esse é um momento histórico para os empreendedores nacionais e para os governos municipais, estaduais e federal. Para que se tenha a ideia da visibilidade proporcionada por uma Copa do Mundo, por exemplo, basta dizer que a estimativa é de que mais de 3 bilhões de pessoas em todo o planeta assistam a pelo menos uma partida do torneio. Além disso, são esperados no país mais de 600 mil turistas estrangeiros.
"Queremos encantar, surpreender e emocionar o mundo, mostrando que o Brasil é um país criativo e inovador. Este é o nosso mantra", explica Eduardo Costa, diretor de Inovação da Finep. 

Nova Investida da Oi - TV Pre-pago

A Oi lança nesta semana em Brasília - DF, Goiás, Alagoas, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará o serviço de pré-pago de TV. A estratégia da Oi é conquistar clientes que já utilizam os serviços em telefonia fixa, além de focar quem não possui o serviço de TV por assinatura. Serão disponibilizados pacotes iniciais a um preço sugerido de R$35,00 - e quem não tem linha fixa da Oi paga R$20,00 a mais. Segundo a empresa: "Nossa aposta é que o mercado de TV paga, que agora está chegando a 9 milhões no país, dobre de tamanho nos próximos anos. E se quisermos expandir a TV por assinatura, não dá para esapar de pelo menos testarmos a modalidade pré-paga". diz o diretor de desenvolvimento tecnológico e estratégia da Oi, Pedro Ripper.  


Cientista brasileiro desenvolve algoritmo para Segurança da Informação

Breno Silva, Consultor de Segurança da IBM Brasil, faz parte de um grupo que conta com o apoio do Departamento de Defesa do Governo Americano para estudo e desenvolvimento de maneiras mais inteligentes de detectar ataques em sistemas privados. Ele desenvolveu um novo algoritmo capaz de desenvolver padrões para detectar ataques à rede e projetar o bloqueio com até 50% mais velocidade do que os já existentes. Trata-se de um algoritimo pattern-matching para busca de padrões em superalfabetos, especialmente para padrões pequenos, capaz de identificar com mais eficiência invasões na web.O objetivo é melhorar o controle de acesso aos dados de grande valor para uma organização, preservando sua confidencialidade, disponibilidade e integridade. Para atingir esse nível de segurança da rede, o especialista utiliza alguns recursos, como, por exemplo, os algoritmos. A ferramenta é usada para identificar padrões numa grande quantidade de dados, detectando e prevenindo possíveis ataques na rede, por meio da comparação dos sistemas em busca de similaridades e respostas. Segundo Breno : “Este algoritmo pode ser aplicado também na biologia e na física computacionais, no processamento de imagens, no processamento de fala e, futuramente, até mesmo em redes smart-grid”, explica o cientista.

Ex-CEO da SAP no comando da HP

O conselho diretor da HP anunciou nesta quinta-feira dia 30/09, a nomeação de Léo Apotheker como Chief Executive Officer (CEO) e presidente da companhia. O executivo teve uma passagem de mais de 20 anos pela SAP, na qual ocupou o cargo de CEO, de abril de 2008 a fevereiro deste ano.

A HP destaca que ele ajudou a desenvolver e implementar a mais importante mudança na história da SAP, ao expandir os modelos de negócio da fornecedora, os segmentos de atuação e investiu na transformação da área de pesquisa e desenvolvimento.

Léo Apotheker substituirá Mark Hurd, que foi desligado da empresa em agosto por conta de um escândalo sexual. A saída de Hurd terminou sendo turbulenta em função da ida dele para a Oracle como co-presidente. Depois de rusgas, as empresas fecharam um acordo. Mas no vaivém dos executivos, a HP parece dar o troco na empresa de Larry Ellison e anuncia também a contratação de Ray Lane para a função de chairman.

TI com foco em Inovação, Custo, Gestão de Riscos e Governança em 2010/2011

Segundo o Garther Group, 2010 marca o início das mudanças em muitos processos como as organizações respondem às conseqüências da Grande Recessão. Essas mudanças oferecem às empresas a oportunidade de alavancar a tecnologia de informação para o crescimento dos negócios significativo e otimização contínua das operações de negócios. Durante 2008 a 2010, os CIOs e líderes executivos têm dependido de TI como um instrumento e um objetivo de redução de custos na empresa. Quando deixamos o pior da crise econômica, as empresas estão voltando suas atenções para o futuro e um regresso ao crescimento. A necessidade de uma capacidade de TI de alto desempenho continua sendo considerável. A criação de valor e garantia de valor que se espera em duas frentes:
·         Haverá um foco constante no custo e valor - será necessário para melhorar a relação preço / desempenho para todos os serviços essenciais do negócio. 
·         Um enfoque sobre o investimento para a mudança e crescimento dos negócios é um desafio em duas vertentes. 
1.    melhorar ou remodelar produtos e serviços atuais. 
2.    Investir em inovação para criar novos produtos, serviços, canais e práticas. 
O resultado de um retorno ao crescimento é que, como organizações empresariais reequilibrar suas atividades, eles também irão reequilibrar os seus investimentos em TI - a partir de um portfólio de iniciativas inclinado em direção ao controle de custos para uma carteira que é orientada para a inovação eo crescimento.  A gestão de riscos deve ser adaptado ao desejo da organização para o crescimento e mudança. mudanças significativas nas prioridades organizacionais - especialmente em face de um ambiente de negócios estranhos novos normal - não pode ser alcançada sem a introdução de novos riscos, determinação de indicadores de riscos, novos métodos de ajuste de risco e tolerância para lidar com as mudanças, e uma mudança no pensamento.  A governança deve ser reforçada à medida que evolui em um mecanismo de balanceamento com um foco de negócios mais amplo e profundo. Vai ter mais partes móveis, mais pontos de risco, e mais interconexão entre os negócios e TI. mecanismos de governança deve ser reestruturado para lidar com essa maior complexidade. 

Mobile Payment – Oi e Cielo fecham acordo?

Foi  anunciado nesta quarta-feira, 29/09, uma nova empresa, que terá um comando compartilhado (50% para cada) que nasce com a proposta de oferecer ao mercado uma plataforma interoperável para o pagamento móvel no País. A Cielo passará a utilizar os celulares da Oi como terminais de processamento de pagamentos. O Objetivo da nova companhia é formar uma plataforma comum para pagamentos via celular. Após o acordo o número de estabelecimentos que aceitarão pagamentos pelo telefone saltará de 75 mil (número de terminais Oi Paggo) para mais de 1,8 milhão (terminais Cielo em uso em estabelecimentos comerciais no país). O sistema passa a operar por clientes da Oi dentro de um prazo de 180 dias. Não terá a aceitação restrita a cartões da bandeira Elo ou emitidos pelo Banco do Brasil, tampouco suportará apenas os celulares da Oi. "Outros emissores de cartões interessados também poderão aderir ao sistema. Este é apenas um primeiro passo para a disseminação do pagamento móvel no Brasil", diz Denilson Molina, diretor de cartões do Banco do Brasil. João Silveira, diretor de mercado da Oi, afirma que o principal objetivo da parceria é consolidar o modelo e apresentar o funcionamento das transações e do sistema aos consumidores. Segundo ele, o Oi Paggo, que conta atualmente com 250 mil clientes – a maioria deles do Nordeste brasileiro –, teve por objetivo ajudar a entender e aprimorar o modelo de transação móvel. A nova empresa ainda não tem nome definido, mas o suporte do sistema à interoperabilidade entre diferentes bandeiras, operadoras e emissores permite inferir que o nome "Oi Paggo" será substituído. As decisões relacionadas à escolha de nome, local para as instalações, nomeação de diretores e outros pormenores da joint-venture serão tomadas dentro de 180 dias, prazo que a empresa levará para de fato começar a operar no mercado de m-payment.  A partir de sua maturidade, que deve ser atingida em 2012, a meta será conquistar 1 milhão de novos clientes por ano, conforme adiantaram os executivos.

Mais um Tablet no mercado? Dell com Android

Nas próximas semanas a Dell lançará seu tablet denominado Streak de 7 polegadas com sistema operacional Android. A intenção da empresa Dell é lançar tablets com telas de outros tamanhos 3, 4 e 10 polegadas em um prazo máximo de 1 ano. A empresa através de seu executivo Amit Midha, da divisão chinesa da companhia, informou ao "Wall Street Journal" que o Android não será o único sistema operacional a ser usado nos tablets. O  Preço deve girar em torno de U$550.

Quer saber como será a nova identidade (RIC) do Brasil?

Está definido como será a nova identidade dos brasileiros, o RIC – Registro de Identificação Civil. A Nova identidade virá com dois chips para arquivamento das infomações referentes a cada cidadão. O Cartão será de policarbonato e  terá certificado digital. Todas as especificações da nova identidade estão publicadas no DO (Diário Oficial) do dia 27/9, segunda- feira.
Na parte de tecnologia embarcado no RIC, um dos chips é de contato, disponível para recursos match-on-carda e suporte a multiaplicações e o outro sem contato vem com tecnologia RFID (identificação por radiofreqüência) ou seja poderá ser lido por equipamentos de leitura digital.
O que virá no chip? No chip virão dados biométrico, como face, as quatro impressões digitais planas e assinatura.
Na parte de segurança o certificado digital, inclui homologação da ICP-Brasil e contempla as novas questões para algoritmos criptográficos. A geração das chaves assimétricas será de responsabilidade do portador. Apenas a chave pública será exportada pelo cartão, enquanto a chave privada não. São previstas imagens MLI (multipli laser image), além de um holograma semelhante aos cartões de crédito, além da sigla RIC oculta, visível a refração da luz.
Foi publicado o regimento interno do Comitê Gestor do RIC, que entre outras atribuições deve estabelecer os níveis de acesso às informações do Cadastro Nacional de Registro de Identificação Civil e os procedimentos para sua utilização em base de dados de outros órgãos ou entidades públicas.

Quinto player na telefonia móvel? Será Possível?




O leilão da banda H da terceira geração vem aí, e os analistas do mercado financeiro acreditam ser pouco provável que um quinto player que não tenha uma operação de nicho seja bem sucedido. Segundo Eduardo Roche, analista do Banco Modal, existe saturação para um quinto player que seja igual aos outros quatro (TIM, CLARO, OI, TELEFONICA).
Neste cenário, possíveis candidatas à faixa como Nextel e GVT, podem ser bem sucedidas, na visão dos analistas. Ainda não é clara a estratégia das empresas com relação à disputa da banda H. Inclusive, as declarações da GVT de que estaria fora da disputa são recebeidas com ceticismo. "Se eu fosse concorrente da GVT, só acreditaria se no dia do leilão, ela não aparecesse", diz Valder Nogueira, analista do Santander. O desenvolvimento da GVT, ele observa, foi feito através de uma operação de nicho, que soube explorar inicialmente lacunas na telefonia fixa e depois surfou na onda da banda larga. O grande fantasma do leilão parece ser o sisterma de contrapartidas, que foi mantido pela Anatel do leilão das demais faixas que aconteceu em 2007. Quem comprar frequência na capital paulista, por exemplo, leva junto o Norte do Brasil. Além disso, o vencedor assume compromissos de cobertura, o que é conflitante com um negócio de nicho. "Acho que se fosse livre, a demanda pela licença seria maior", diz Roche.

Telebrás com pedidos de tráfego para 20 Gb - PNBL

A Telebrás ainda nem começou a oferecer conexões à internet no atacado, como previsto no Plano Nacional de Banda Larga, mas a divulgação da lista das 100 primeiras cidades beneficiadas com acesso ao backbone público já movimentou pequenos provedores. Até aqui, a estatal recebeu pedidos equivalentes a um tráfego de 20 GB.

Para efeito de comparação, trata-se de uma capacidade de tráfego semelhante à de toda a Rede Ipê, da Rede Nacional de Pesquisa, que interliga cerca de 400 instituições de ensino em todo o país.

"Entre provedores que já prestam serviço, a conta é de que poderão oferecer capacidades até cinco vezes superiores pagando o mesmo que pagam hoje", completa Santanna.

A previsão do PNBL é de que a Telebrás oferte cada MB por R$ 230, valor que, segundo a estatal, é muito inferior ao praticado no mercado. "Faço diversas reuniões com provedores e ouço deles que o custo médio está em R$ 1,8 mil por MB", diz o presidente da Telebrás.


Brasileiro Inovador, computador de papelão

Será possível um computador de papelão?
André Rushel  do Rio Grande do Sul apresentou durante o Tech.Ed 2010, evento da Microsoft, realizado em São Paulo, o "ThinEco", um computador montado a partir de placas de papelão.
A máquina tem o peso aproximado em torno de 1,3 quilo, mais ou menos comparado ao peso de um netbook, porém suas configurações não deixam a desejar se comparado a capacidade de processamento de um notebook tradicional. 
Quer conhecer mais sobre Andre Ruschel acesse:
http://andreruschel.blogspot.com/

IBGE divulga crescimento de 25% em vendas de produtos de Informática

O  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou na última 3a feira dia 14/09 informações sobre o desempenho do mercado varejista no mês de julho que revela que a área de Informática, em especial, a venda de PCs segue em ritmo crescente em 2010.

De acordo com o IBGE, o segmento de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação foi responsável pelo sétimo maior impacto na formação da taxa global do mês de julho. O volume de vendas foi da ordem de 20,3% acima do mês de maio, com taxas acumuladas no ano de 25,0% e nos últimos 12 meses de 16,1%.

Os fatores que vêm determinando este desempenho, observa o IBGE, foram além dos aumentos da massa de rendimentos e do crédito, a importância crescente que os produtos de informática e comunicação vêm obtendo nos hábitos de consumo das famílias e a redução de seus preços. Como exemplo, têm-se para microcomputadores e aparelhos telefônicos (fixo e celular) variações de preços no acumulado dos últimos 12 meses da ordem de -7,1% e -8,3%, respectivamente, segundo o IPCA.

Em julho, completa o estudo do IBGE, o comércio varejista do país registrou, tanto no volume de vendas quanto na receita nominal, crescimento de 0,4% em relação ao mês anterior com ajuste sazonal. Com esse resultado o setor manteve a sequência de taxas positivas, sendo de três meses para o volume e de sete para receita, como aponta a evolução dos indicadores de base fixa e de médias móveis trimestrais.

Nas demais comparações, extraídas das séries originais (sem ajuste), o varejo nacional obteve, em termos de volume de vendas, acréscimos da ordem de 10,9% sobre julho do ano anterior e de 11,4% e 9,7% nos acumulados dos sete primeiros meses do ano e dos últimos 12 meses, respectivamente. Para os mesmos indicadores, a receita nominal de vendas apresentou taxas de variação de 13,5%, 14,5% e de 12,7%, respectivamente.

Ex da HP é nomeado Co-Presidente da Oracle

Mark Hurb foi nomeado co-presidente da Oracle e membro do conselho de administração. Essa notícia acontece um mês depois após demissão de Mark Hurb como CEO da Hewlley-Packard (HP), por conduta imprópria envolvendo uma consultora de marketing.

O CEO da Oracle , Larry Ellison, amigo de Mark Hurb , classificou a decisão de demissão de Mark da HP como a pior decisão desde que o conselho da Apple afastou Steve Jobs há muitos anos.

Em função da nomeação a HP entrou com uma ação civil contra seu ex-CEO com alegação de que Mark Hurb acordou e assinou documentos para proteger segredos de mercado da HP e informações confidenciais. A HP quer garantias que Hurb cumpra os acordos assinados na companhia e estuda a possibilidade de indenização por "conduta maliciosa".

Esse tipo de ação é muito comum quando executivos de alto escalão trocam de empresa. Só para lembrar em outubro de 2008, a IBM processou Mark Papermaster quando ele foi para a Apple. A Microsoft também em 2005 moveu ação quando a Google contratou Kai-Fu Lee.


A Oracle, produtora de software empresarial, é quase tão lucrativa quanto a HP,  expandiu a sua carteira de produtos por meio de uma série de aquisições, incluindo a SUN, o está causando uma ameaça a territórios antes "seguros" de outras empresas.


A estratégia da Oracle de combinar hardware com software permitirá a Oracle a brigar com a IBM entre servidores e storage. 

Google na TV

Google irá lançar no início do ano de 2011 oficialmente nos Estados Unidos seu serviço de WEB TV. O serviço virá embutido nos televisores e irá permitir a navegação completa da web através da TV, de forma gratuíta. A idéia da Google é trabalhar com provedores de conteúdo. A primeira a sinalizar positivamente a essa proposta da Google foi a Sony. Pode ser que ainda esse ano a Sony promova o início do serviço em uma HDTV, em um tocador de blue-ray e num set-top box da Logitech. As três empresas Google, Logitech e Sony estão trabalhando em um controle remoto , que provavelmente terá um teclado QWERTY completo, algum mouse embutido e os controles tradicionais de TV. A idéia é que celulares android e iphone também possam funcionar como controle.

Degustação do Iphone 4 pela VIVO

A VIVO está promovendo uma desgustação do Iphone 4 para aqueles amantes do smartphone da Apple. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) já homologou o aprarelho que deve estar circulando no final desse aano de 2010. Segundo a VIVO a desgustação acontece em sete lojas (MegaStore do Barra Shopping, Barra II do BarraShopping, Shopping Leblon Fashion Mall, Shopping Rio Sul, Ipanema (R. Visconde de Pirajá 443) e Plaza Niterói) nas cidades do Rio e Niterói. Apesar do problema de recepção apresentado nos Estados Unidos, o iphone 4 é um avanço considerável em relação aos modelos anteriores. Com uma apresentação mais fina somente 9,3mm de espessura ou seja 24% mais fino que o iphone 3Gs , produzido em aço inoxidável e vidros de altíssima resistência com uma película que evita a oleosidade ajudando a manter a tela limpa, o iphone 4 sem dúvida se tornará aqui no Brasil também um campeão de vendas, podendo apenas ser um limitador o custo. O Iphone 4 vem com bluetooth, WI-FI, e 3G, dois microfones, duas câmeras (uma com 5 megapixel, flash de led e gravação de vídeo em 720p) e tela quatro vezes mais nítida. As câmeras permitem video conferência móvel e a bateria dura até sete horas em ligações, e seis horas em navegação na internet 3G, dez horas de wi-fi, dez horas de vídeo, e 40 horas para músicas.

e-paper da LG - Steven Spielberg com Minority Report influenciando o mercado de telecom?

A LG Display divulgou na terceira semana de agosto estar trabalhando em uma nova geração de e-paper colorida e flexível, que poderá ser utilizada em produtos futuros como e-readers ou tablets.
O e-paper, ou papel eletrônico, é um display utilizado em e-readers no qual o texto aparece como se tivesse sido impresso em papel.
A LG introduziu a tela LCD IPS de 9,7 polegadas ( In-Plane-Switching .O Painel IPS possui os cristais líquidos alinhados na horizontal, ao contrário do LCD tradicional, onde o alinhamento é reto ou vertical) usada no iPad, da Apple, e continua a ser um importante fornecedor de telas para o tablet.
 A LG é uma das fornecedoras do display de e-paper de 9,7 polegadas utilizado pela Amazon no e-reader Kindle DX.
Muitos e-readers usam telas monocromáticas baseadas em tecnologia da E-ink, mas a LG tem desenvolvido de forma independente pesquisas com e-paper colorido, disse Jakhanwal.
No passado, a LG mostrou displays flexíveis coloridos, incluindo um e-paper de 14 polegadas e tamanho A4 capaz de mostrar 16,7 milhões de cores.
Vamos aguardar e verificarmos o que virá mais adiante???