Oi assina convênio com a Marinha do Brasil



A Oi e a Marinha do Brasil formalizaram, um acordo de cooperação para fornecimento de serviços de telecomunicações da Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF), que está sendo reconstruída. O convênio foi assinado pelo presidente Francisco Valim, e pelo Comandante da Marinha do Brasil, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, durante a solenidade de comemoração do Dia do Marinheiro, no Grupamento de Fuzileiros Navais, em Brasília.
 
O Presidente Francisco Valim e o Comandante da Marinha do Brasil, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto na assinatura do convênio. Na ocasião, também foi lançado o cartão de TUP comemorativo do Dia do Marinheiro (13 de dezembro)

A assinatura do convênio confirma o compromisso assumido pela Oi em visita realizada ao Comandante da Marinha, em março deste ano, quando Valim propôs a renovação do convênio de prestação de serviços integrados de telecomunicações à base brasileira na Antártica. Com a formalização do acordo, a Oi volta a atuar novamente em parceria com a Marinha do Brasil na implantação e manutenção da nova infraestrutura de telecomunicações para serviços integrados de voz, dados, internet, mobilidade e solução para recepção de TV, fornecidos à base desde 2006.
Pelo acordo, a Oi deverá montar uma estação terrena de satélite, que ligará a base brasileira à rede corporativa da Marinha, garantindo a conectividade dos militares e pesquisadores instalados na EACF e agilidade na comunicação com suas famílias, com a rede corporativa da Marinha e com demais centros de pesquisa e universidades em território brasileiro. O acordo inclui ainda treinamento e qualificação das equipes da Marinha, realizados anualmente, para a operacionalização do sistema e a manutenção dos equipamentos. A Oi também realizará revisão e manutenção preventiva dos equipamentos no local.
Com a perda dos equipamentos que estavam na estação, a Oi vai reconstruir a infraestrutura de telecomunicações, especialmente adaptadas para suportar as adversidades climáticas, como o vento e as baixas temperaturas. Entre os novos equipamentos que estão sendo fornecidos à base brasileira pela Oi estão antenas com sistema anticongelante, modems com sistema de chaveamento, roteadores, terminais para gerenciamento da estação, pressurizador, antenas de transmissão e recepção de sinais de telefonia móvel, aparelhos de telefonia móvel, etc. Os equipamentos já foram embarcados e estão a caminho da estação brasileira. A previsão é que a nova estrutura de telecomunicações estará pronta até o final de janeiro.
"A Oi tem o compromisso de participar ativamente de projetos em benefício da sociedade brasileira. Nesse sentido, a companhia entende que o convênio para o atendimento à EACF é mais uma iniciativa com o objetivo de reforçar a presença da tecnologia brasileira no continente antártico e dar continuidade às pesquisas científicas que vinham sendo desenvolvidas nos últimos anos", afirmou Valim.

 

Droid DNA da HTC, com tela FullHD e Android 4.1

HTC Droid DNA o primeiro smartphone FullHD. O Droid DNA foi lançado no último mês no Japão com o nome J Butterfly. Deste então as principais fabricantes estão se preparando para lançar seus próprios modelos com telas FullHD. A Samsung já se movimenta para apresentar seus modelos no primeiro semestre de 2013. Além disso, o site japonês Rbmen divulgou em outubro informações de dois smartphones Sony Xperia com telas de 1080p: o C650X “Odin” e o C660X “Yuga” - previstos também para o próximo ano.


Telecom Itália à venda?

ROMA - A Telecom Italia, controladora da brasileira TIM Participações, está considerando realizar uma oferta pela GVT, unidade da Vivendi no Brasil colocada à venda, disse o presidente-executivo nesta terça-feira, um dia após um investidor estrangeiro propor uma injeção de novo capital na maior operadora da Itália.
O magnata egípcio Naguib Sawiris, que vendeu a terceira maior operadora de telefonia móvel da Itália, a Wind, no ano passado, quer voltar ao país ao investir na endividada operadora por meio de um aumento de capital.
A Telecom Italia disse na segunda-feira que consideraria a proposta de Sawiris e que apresentou alguns detalhes a seu Conselho de Administração, mas nenhum dos envolvidos divulgou o tamanho e os objetivos do possível investimento.
Notícias publicadas na imprensa italiana indicaram um montante de até 4 bilhões de euros e disseram que a manobra pode ajudar a Telecom Italia a financiar a compra da GVT.
Fontes disseram à Reuters que a Vivendi quer pelo menos 7 bilhões de euros pela GVT, e que a Telecom Italia é uma das quatro companhias que obtiveram documentos sobre a operadora brasileira. O prazo para ofertas preliminares e não vinculativas é até o final do ano, disseram as fontes.
"A GVT é uma operadora de telefonia fixa e no Brasil já temos a segunda maior operadora de telefonia móvel, então é certamente algo a se analisar, assim como estamos analisando outras coisas", disse o presidente-executivo da companhia, Marco Patuano, a jornalistas em Roma.
Questionado se a companhia considera a possibilidade de um aumento de capital em linha com a proposta de Sawiris, Patuano respondeu: "Neste momento, não há necessidade".
Ele se recusou a fazer mais comentários sobre o interesse de Sawiris pela companhia.
A empresa também tem avaliado um possível desmembramento de sua valiosa rede de telefonia fixa na Itália, e mantém negociações com o fundo estatal de investimentos Cassa Depositi e Prestiti (CDP) sobre o projeto.
A Telecom Italia é controlada por uma holding não listada, a Telco, que detém 22,4 por cento de suas ações. O grupo espanhol Telefónica e os italianos Assicurazioni Generali, Mediobanca e Intesa Sanpaolo são acionistas da Telco.

Fonte: O Globo

Receita da Net cresce 18,3% em um ano e chega a R$ 1,927 bilhão no segundo trimestre

A Net Serviços anunciou na quinta-feira, 26, seus resultados do segundo trimestre de 2012. A receita líquida da operadora de TV, dados e voz cresceu 18,3%, em comparação com o mesmo período de 2011, chegando a R$ 1,927 bilhão. Segundo a Net, o aumento foi decorrente principalmente do crescimento da base de assinantes. O EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 10,8%, também em comparação com o segundo trimestre do ano anterior, atingindo R$ 515,863 milhões.

Já o lucro líquido da empresa caiu, totalizando R$ 29,567 milhões, contra R$ 124,928 milhões no primeiro trimestre de 2011, o que representa uma queda de 76,3%. Em seu balanço, a Net Serviços aponta a variação cambial registrada no período como a principal responsável, mas afirma que isso não afetou significativamente o caixa da companhia.

Os custos operacionais e as despesas com vendas, gerais e administrativas da Net cresceram, comparando com o segundo trimestre do ano anterior. Os custos operacionais aumentaram 21,1%, chegando a R$ 955,596 milhões, enquanto as despesas com vendas, gerais e administrativas cresceram 21,8%, atingindo R$ 455,814 milhões.

A companhia fechou o segundo trimestre com total passivo e patrimônio líquido de R$ 9,062 bilhões, contra R$ 8,527 bilhões no mesmo trimestre no ano anterior.


fonte: Teletime

Lucro da América Móvil cai 45,5% no segundo trimestre

A América Móvil, controladora da operadora Claro no Brasil e detentora de participação na Embratel e, consequentemente, na Net Serviços, divulgou seu balanço fiscal referente ao segundo trimestre de 2012. Seguindo a tendência do mercado, ela divulgou um lucro abaixo do registrado no mesmo período do ano passado. A empresa conseguiu 13,3 bilhões de pesos mexicanos (cerca de US$ 990 milhões), equivalente a 0,17 pesos mexicanos por ação (US$ 0,01). Isso significou uma queda de 45,5% que, de acordo com a empresa, é atribuída à depreciação cambial em várias moedas da América Latina, além da instabilidade do mercado global.

O faturamento total da empresa foi de 191,7 bilhões de pesos mexicanos (US$ 14,25 bilhões), crescimento de 9,3% ano a ano. No entanto, os custos financeiros subiram de 2,45 bilhões de pesos mexicanos (US$ 182 milhões) no segundo trimestre de 2011 para os atuais 17,2 bilhões de pesos (US$ 1,28 bilhão). Isso acabou impactando na queda dos lucros.

A margem EBTIDA da América Móvil foi de 65,5 bilhões de pesos mexicanos (US$ 4,87 bilhões), um aumento de 3,1% em relação ao ano anterior e correspondente a 34,1% da receita. Os lucros operacionais totalizaram 39,1 bilhões de pesos mexicanos (US$ 2,9 bilhões), queda de 1% comparando com 2011. Já o débito líquido aumentou para 29,7 bilhões de pesos mexicanos (US$ 2,2 bilhões) por conta de investimentos na operadora holandesa KPN (com operação também na Alemanha e Bélgica), onde agora conta com 27,7% das ações, e na Telekom Austria, agora com 21% dos papéis.

Números brasileiros

O Brasil continua o país com maior operação de linhas fixas, com crescimento de 26,6% no faturamento e chegando a 26,3 milhões de acessos, seguido pelo México com 22,7 milhões, América Central e Caribe com 5,9 milhões e Colômbia com 3,9 milhões. Apesar de possuir uma base de clientes menor, o bloco do Peru, Equador e Argentina tiveram as maiores taxas de crescimento, com média de 45%.

A base de assinantes de serviços móveis da Claro chegou a 63 milhões em junho no Brasil, 13,4% mais do que no ano anterior, sendo 1,4 milhão de novos clientes somente no segundo trimestre e 2,6 milhões no acúmulo do primeiro semestre de 2012.

A quantidade de assinantes de TV paga (somando Net e Claro TV) aumentou 41,1%, chegando a 11,4 milhões de clientes, enquanto os acessos de Internet de banda larga fixa chegaram a 5,2 milhões de brasileiros, alta de 23,9% em relação ao mesmo período de 2011.

O faturamento no País foi de R$ 7,5 bilhões, mas teve uma taxa de aumento reduzida de 8 ,8% para 4,1% em relação ao trimestre do ano anterior (quando registrou R$ 5,7 bilhões). Muito desse total foi graças ao bom desempenho dos serviços de TV paga e Internet fixa, que cresceram 26,6% e 28,6%, enquanto o faturamento em dados móveis cresceu 25,1%.

A América Móvil justificou o impacto negativo nos números por conta da redução da utilização de chamadas em longa distância, o esfriamento da economia brasileira e a consequente competição mais acirrada, especialmente no segmento móvel. O EBTIDA foi de R$ 1,8 bilhão, queda de 6,2% em relação ao mesmo período de 2011.

Reclamações

A América Móvil destacou ainda os resultados no leilão do 4G, com aquisições de 40 MHz na faixa dos 2,5 GHz e mais 20 MHz na frequência de 450 MHz para 19 estados, além de 14 MHz adicionais nesse espectro para a área rural em alguns estados das regiões Norte e Nordeste, além de parte da área metropolitana de São Paulo.

A companhia mexicana ainda declarou que as restrições nas vendas impostas pela Anatel em 18 de julho vieram de "um novo critério de 'número de reclamações apresentadas à base de assinantes / Anatel' em vez de considerar as medidas de qualidade que a agência determina regularmente, no qual a Claro se situa em posição mais favorável". Apesar da reclamação, a empresa ressaltou que a operadora brasileira irá continuar a trabalhar para "melhorar a capacidade e qualidade de suas redes, assim como a assistência ao consumidor".

fonte: teletime

Facebook registra prejuízo de US$ 157 milhões no segundo trimestre

 27/07 - Embora venha realizando esforços no sentido de abrir caminhos para os anunciantes chegarem ao número crescente de usuários da rede social e ampliar a receita com publicidade online, o Facebook não tem conseguido atender às expectativas dos investidores desde que realizou a oferta pública inicial ações (IPO), em maio, na bolsa eletrônica Nasdaq. A divulgação dos resultados financeiros referentes ao segundo trimestre nesta quinta-feira, 26, reforçam essa percepção.  A empresa encerrou o período com um prejuízo de US$ 157 milhões no segundo trimestre deste ano, ante um lucro de US$ 240 milhões em igual período de 2011.

A receita, por seu lado, registrou o menor de crescimento desde o primeiro trimestre do ano passado, quando mais que duplicou o montante com publicidade, totalizando US$ 1,18 bilhão, um aumento de 32% em relação aos US$ 895 milhões registrados um ano atrás.

A empresa atribui essa situação ao aumento dos gastos de capital (Capex) e com a compensação de funcionários com em razão de sua oferta pública inicial (IPO) realizada em maio. A empresa também credita o resultado ao direcionamento da publicidade para usuários de smartphones e outros dispositivos móveis. Esse descolamento fez com que mais usuários passassem a acessa a rede social em seus celulares, em vez de seus computadores pessoais, onde a empresa tem muito mais formatos de anúncios pagos.

Na teleconferência de apresentação dos resultados, o diretor financeiro do Facebok, David Ebersman, reconheceu que os usuários estão vendo menos anúncios em seus PCs. Segundo ele, o foco da publicidade em dispositivos móveis está coroendo o crescimento de seu negócio de pagamentos, que representa cerca de 16% da receita total da empresa. “Além disso, os usuários estão preferindo jogar games móveis, em vez de os no site do Facebook”, disse ele.

A divulgação do balanço do Facebook fez com as ações negociadas no after-hours caíssem 10%, para US$ 24,12, depois de terminar a sessão ordinária com queda de 8,5%, para US$ 26,84.

fonte: tiinside

Facebook junto com HTC deve lançar seu próprio smartphone

Mark Zuckerberg está fazendo de tudo para segurar as pontas em publicidade
Segundo a agência de notícias Bloomberg, o Facebook está trabalhando com a HTC Corp para lançar seu próprio smartphone em meados de 2013, disseram fontes com conhecimento do assunto. Além disso, a rede social está desenvolvendo um sistema operacional modificado para o aparelho e incorporou uma ex-equipe de programadores da Apple Inc. para melhorar seu aplicativo do iPhone.

A intenção das empresas era liberar o smartphone já no final deste ano, mas adiaram para dar à HTC mais tempo para trabalhar em outros produtos, revelaram algumas das fontes, que pediram anonimato porque os planos não são públicos.

De acordo com a Bloomberg, mais da metade dos 900 milhões de usuários do Facebook acessam a rede social via aparelhos móveis, mas a empresa está sob forte pressão porque nenhum dos US$ 3,15 bilhões em vendas de publicidade no ano passado vieram de anúncios em celulares. Portanto, o lançamento de um smartphone do Facebook provavelmente atrairia anunciantes, o que amenizaria a pressão e a queda das ações da empresa.

“O acesso ao Facebook está se deslocando para o celular e eles não têm sido capazes de rentabilizar seu negócio mobile”, disse Anthony Victor, analista da Topeka Capital Markets Inc. Ele acrescenta que a rede social poderia aproveitar então, para incluir muitos anúncios na plataforma mobile.


fonte: Globo

Operadoras devem retomar venda de chips em 15 dias

Em 25/07 - A suspensão da comercialização de linhas telefônicas e modems da Claro (proibida em São Paulo e mais dois Estados), Oi (em cinco) e TIM (em 18 mais o Distrito Federal), iniciada segunda-feira, está longe de ser revertida. De acordo com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, a punição deve se estender por pelo menos mais duas semanas.

"Não vamos resolver isso em 15 dias, mas achamos que neste prazo é possível ter um plano (de investimento) e compromissos públicos que sinalizem para a solução do problema. Aí autorizaremos a venda de novas linhas condicionada ao cumprimento desse compromisso", disse Bernardo.

Na avaliação do consultor de telecomunicações Artur Borioli, sócio-diretor da L&A Consultoria Móvel, o imbróglio dificilmente será solucionado em 15 dias ou em um mês. "A Anatel demorou muito para tomar essa decisão e, com isso, os problemas foram crescendo cada vez mais. Os call centers precisam estar muito bem preparados para que as reclamações diminuam consideravelmente."

Quanto aos planos de investimento, que visam melhorar a qualidade dos serviços de telefonia e têm de ser entregues até o dia 21 de agosto, o ministro informou que eles serão divulgados na internet para que os consumidores acompanhem se as medidas estão sendo cumpridas.

Para Borioli, é importante que os aportes sejam muito bem justificados. "A gente olha aquele monte de números e não sabe como mensurar esses investimentos. Tem que ficar bem claro."

O conselheiro da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) Marcelo Bechara estima que as medidas de suspensão da venda dos chips não se repitam daqui para frente. "Esperamos que essa seja a última vez e que esse movimento seja um divisor de águas. As medidas são importantes para uma arrumação do setor, que é estratégico e queremos ver fortalecido", ressaltou. "A decisão foi dura e drástica. Não nos interessa inviabilizar as empresas, mas precisam entregar o que prometem, serem tão competentes quanto o marketing. As operadoras têm capacidade, no curto prazo, de realizarem mudanças perceptíveis."

A TIM, proibida de vender em 18 Estados e Distrito Federal, se reuniu ontem com a Anatel para apresentar seu plano de investimentos. A agência pediu mais detalhes das propostas no atendimento aos clientes nos call centers.

A proposta tem mais de 800 páginas e concentra 80% das informações em investimentos na rede. "Queremos que o plano contemple a criação de centros e postos de atendimento e aquisição de novos equipamentos", afirmou o superintendente de Serviços Privados da Anatel, Bruno Ramos.

A Claro já entregou a primeira versão de seu projeto. A Oi ainda não tem data para se reunir novamente com a Anatel.

fonte: Diário do Grande ABC

Apple dá início à produção do iPhone 5 na China, diz site

O iPhone 5 já está em produção. De acordo com informações da imprensa taiwanesa, a empresa Pegatron teria começado, nas últimas semanas, a fazer as primeiras unidades do próximo smartphone da Apple em sua fábrica, em Xangai. As informações são do portal Digitimes e citam “fontes da indústria de Taiwan”.
Expectativas estão grandes em cima do lançamento do novo iPhone (Foto: Reprodução)Expectativas estão grandes em cima do lançamento
do novo iPhone (Foto: Reprodução)

Segundo a página, o telefone vai mesmo ter a parte traseira de vidro e alumínio, com uma tela de quatro polegadas Retina. Além disso, a reportagem garante que a empresa asiática também será uma das escolhidas pela Apple para produzir “uma nova versão do iPad”, junto com a Foxconn.

A expectativa de lançamento do iPhone 5 é para o próximo trimestre. Especula-se que o anúncio oficial seja feito em agosto e a comercialização seja iniciada em setembro ou outubro. A Apple, como sempre, guarda os segredos sobre seu próximo aparelho a sete chaves.

Nos próximos dias, porém, devem continuar surgindo novas informações sobre a produção e supostas especificações técnicas do iPhone 5.

fonte: Techtudo

CEO demitido do Yahoo por polêmica no currículo assume nova empresa


Scott Thompson, recentemente demitido do cargo de CEO do Yahoo, se tornou o novo líder da ShopRunner, uma rede on-line de compras que entrega os pedidos dos consumidores em um prazo de dois dias nos Estados Unidos.

O anúncio da chegada de Thompson à ShopRunner acontece dois meses depois de sua saída do Yahoo. O executivo de 54 anos foi tirado da liderança da pioneira da internet depois de um acionista ter revelado que Thompson havia alternado seu currículo --a biografia disponibilizada pelo executivo trazia um grau de formação que ele não havia obtido.

Na semana passada, o Yahoo substituiu Thompson com a contratação de Marissa Mayer, vinda do Google. Mayer é a quinta CEO apontada pelo Yahoo nos últimos cinco anos. Desde a saída de Thompson, Ross Levinsohn estava trabalhando como CEO interino.

Segundo a Associated Press, Thompson tinha um salário de US$ 1 milhão com um bônus anual de até US$ 2 milhões quando trabalhava no Yahoo.

Em seu novo trabalho, Thompson será o líder de uma companhia que ainda não é negociada na bolsa e valores. A ShopRunner também tem ligação com o eBay, dona do PayPal, onde o executivo trabalhava antes de ir para o Yahoo.
 
fonte: g1

Anatel mostra rigor em análise de planos

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse ontem que a presidente Dilma Rousseff aprovou a medida da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), considerada dura pelo setor, de suspender as vendas de novos planos de celular da TIM, Oi e Claro por problemas de qualidade nos serviços dessas companhias. "Quando liguei para a presidenta, ela disse que a gente estava muito certo e que eles teriam mais é que apresentar seus compromissos de melhoria dos serviços", afirmou o ministro.

fonte: Valor On Line

Vendas de serviços das operadoras Claro, Oi e TIM estão suspensas

Medida imposta pela Anatel entrou em vigor nesta segunda-feira (23).
Operadoras estão impedidas de vender chips e serviços de dados.

 As operadoras de telefonia Claro, Oi e TIM estão impedidas de comercializar chips e serviços de internet a partir da zero hora desta segunda-feira (23), em estados onde lideraram os índices de reclamações sobre a qualidade de seus serviços. A medida foi imposta pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) na quarta-feira (18).

A Claro terá de interromper suas vendas em três estados, enquanto a Oi teve a interrupção determinada em cinco estados e a TIM, em 19 estados.

"A Anatel considerou a crescente evolução da taxa de reclamações de usuários registrada em sua central de atendimento relativa à qualidade da prestação do serviço, e os registros dos sistemas da Agência e as ações de fiscalização realizadas", informou a agência em comunicado na sexta-feira (20).

A agência reguladora determinou uma multa de R$ 200 mil por dia e por cada estado em que a medida for descumprida. A restrição também se aplica a vendedores independentes como bancas de jornal e camelôs. A Anatel informou que vai monitorar o cumprimento das medidas por meio do sistema eletrônico de informações das operadoras, ao qual já tem acesso.

As operadoras também terão de colocar um aviso em cada posto de venda e uma gravação no centro de atendimento informando que as vendas estão suspensas. Caso contrário estão sujeitas a multa de R$ 10 mil por dia para cada estado em que houver descumprimento. A informação foi publicada no Diário Oficial da sexta-feira (20).

As vendas poderão ser retomadas somente após as empresas apresentarem planos de investimentos, o que deverá ser feito dentro de até 30 dias, contendo metas para resolver os problemas apresentados, informou o presidente da Anatel, João Rezende, após o anúncio das sanções, na quarta-feira (18). De acordo com o presidente da Anatel, a agência terá de aceitar as condições desses planos.

Melhora em seis meses
O superintendente de Serviços Privados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Bruno Ramos, estimou que em seis meses deve haver melhoria na qualidade da rede do serviço móvel, que engloba voz e dados. "A melhoria na qualidade de rede já vai aparecer em seis meses", declarou ele a jornalistas, após reunião com diretores da Oi em Brasília, nesta sexta.

Suspensões
Embora não tenham de suspender a venda de chips, as operadoras Vivo, CTBC e Sercomtel também deverão apresentar um plano de melhoria dos serviços em suas áreas de atuação. Caso contrário também podem vir a ter a venda de chips suspensa.

A suspensão na venda de chips, no que se refere à Claro, engloba os estados de Santa Catarina, Sergipe e São Paulo. Sobre a Oi, a decisão da Anatel abrange os estados de Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Roraima e Rio Grande do Sul. No caso da TIM, a suspensão da venda de chips engloba os seguintes estados: Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia e Tocantins.

Recursos e reuniões
Na sexta-feira, a TIM entrou com mandado de segurança contra a decisão da Anatel de suspender as vendas e ativações de novos chips da empresa em 18 estados do país e no Distrito Federal. A ação foi impetrada na 4ª Vara Federal no Distrito Federal. Segundo a Justiça Federal, a decisão não sairá nesta sexta-feira (20) e pode ficar para segunda (23).

Na tarde de quinta-feira, a operadora se reuniu com a Anatel para tratar das medidas impostas pela agência. Segundo Ramos, superintendente da agência, a reunião foi "tensa". "Eles discordaram da punição", declarou.

Antes do encontro com a TIM, Ramos já havia se reunido com representantes da Claro, que entregou um plano preliminar de melhorias. Na manhã de sexta-feira, o superintendente participou de encontro com a Oi. Em nota, a Oi informou que irá "otimizar o ritmo de seus investimentos em 2012" e que entregará, ao longo da próxima semana, uma versão preliminar do plano de ação.

Avaliação do governo
Na avaliação do secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Cezar Alvarez, as empresas de telefonia celular "falharam" ao calcular a demanda por seus produtos. "É fruto de um erro de cálculo. Descasaram o arrojo dos planos com a infraestrutura. Houve uma falha das empresas. Se alguém vai tipificar essa falha, fazer juízo de mérito, ou adjetivar boa fé, ou má fé, não é responsabilidade nossa. A empresa é punida pelo próprio mercado. Pela capacidade do cidadão reclamar e consumir (...) Invista, ou não venda", declarou Alvarez na quinta-feira (19) a jornalistas.

fonte: G1

TIM entra na Justiça contra a proibição de vender novas linhas

20/07 (Teletime) Como prometido, a TIM ingressou na tarde desta, sexta, 20, com mandado de segurança no Tribunal Regional Federal da 1ª Região contra despacho do superintendente de Serviços Privados, Bruno Ramos, que determinou que a empresa suspenda as vendas de novas linhas em 18 estados e no Distrito Federal a partir da próxima segunda, 23. O processo de número 0036321-34.2012.4.01.3400 foi distribuído ao juiz Tales Krauss Queiroz da 4ª Vara Federal, que pode apreciar o pedido da TIM ainda nesta sexta-feira.

Pela manhã, o procurador especializado da Anatel, Victor Cravo, informou a este noticiário que a Procuradoria Federal Especializada da Anatel estava de plantão nas principais cidades do País à espera do processo anunciado pela operadora. O embate jurídico deve se dar em torno da metodologia que apontou a TIM como a operadora com piores índices nesses 18 estados e no Distrito Federal e, portanto, que a impediu de comercializar novas linhas.

O argumento da operadora é que a Anatel criou uma metodologia nova de punição da qual as empresas não tinham conhecimento. A Anatel, por outro lado, entende que apenas combinou dois indicadores já existentes, o IDA (Índice de Desempenho de Atendimento) e os indicadores de rede do PGMQ (Plano Geral de Metas de Qualidade). Além disso, o procurador da agência disse que a operadora deve argumentar que a medida é anticompetitiva e exagerada.

Anatel já tem defesa pronta contra ação da TIM

20/07 (Teletime) - A Procuradoria Federal Especializada (PFE) da Anatel já tem a defesa pronta contra o mandado de segurança que a TIM deverá apresentar ainda nesta sexta, 20, contra a suspensão das vendas.

De acordo com o procurador Victor Cravo, a PFE e a Procuradoria Geral Federal (PGF) montaram plantões nas principais cidades do Brasil para que a defesa seja apresentada o mais rápido possível.

Cravo diz que os argumentos da tele devem ser os mesmo já divulgados pela TIM na mídia. Ou seja, alegação de que a medida foi desproporcional e anticompetitiva e de que a metodologia desenvolvida para escolher as empresas punidas por Estado é nova. Sobre este último ponto, Cravo explica que a Anatel não criou uma metodologia nova, mas sim juntou dois indicadores conhecidos pelas empresas, o Índice de Desempenho de Atendimento (IDA) e os indicadores de rede do PGMQ. "A Anatel apenas relacionou atendimento com rede e não criou um índice novo", argumenta o procurador.

Vitor Cravo lembra também que a medida de suspensão das vendas não é a sanção e sim uma medida cautelar. Caso as empresas não cumpram a medida ou não cumpram o plano apresentado elas ainda poderão ser multadas.

Plano apresentado pela Oi foi "básico", diz Bruno Ramos

20/07 (Teletime) - O superintendente de Serviços Privados da Anatel, Bruno Ramos, classificou como básica a apresentação do plano de ação da Oi realizada por executivos da empresa nesta sexta, 20, pela Anatel. Estiveram presentes André Borges, diretor de regulamentação e estratégia, e Pedro Abreu, diretor de planejamento regulatório, que saíram da reunião sem atender a imprensa.

"A Oi fez uma apresentação muito básica de como ela está. Veio a equipe de estratégia e planejamento, mas marcamos para a segunda ou terça-feira uma reunião com o pessoal mais técnico para apresentar uma preliminar do plano", afirma o superintendente.

Segundo ele, durante a reunião a empresa não questionou a medida de suspensão das vendas nem a metodologia que a gerou, "mostrando que a empresa tem intenção de cumprir a determinação da agência".

Na semana que vem, o superintendente se reunirá com a Claro, a TIM e a Oi, que deverão apresentar uma versão mais elaborada dos seus planos de ação. Vivo, CTBC e Sercomtel, que não tiveram as vendas suspensas, também deverão ter uma reuniçao preliminar com Ramos na semana que vem. "Minha agenda a semana que vem vai ser inteirinha de reunião com as empresas", disse o superintendente.

Decisão sobre recurso da TIM contra Anatel é adiada para segunda-feira

20/07 - SÃO PAULO - Ficou para segunda-feira a decisão da Justiça Federal de Brasília sobre o recurso apresentado pela TIM contra a decisão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) de suspender a venda de linhas da empresa em 18 Estados e no Distrito Federal.

Além da TIM, Oi — em cinco Estados — e Claro — em três — também foram impedidas pela Anatel de comercializar novos pacotes da voz e dados. Somadas, as três operadoras detêm 70% do mercado de telefonia móvel no país.

Segundo a assessoria de imprensa da Justiça Federal do Distrito Federal, o juiz designado, Tales Krauss Queiroz, vai analisar o caso durante o fim de semana e, a princípio, deliberar na segunda-feira.

Caso seja constatada urgência no pedido, a decisão pode ser antecipada para o plantão deste fim de semana.

Mais cedo, a TIM entrou com mandado de segurança na 4ª Vara Federal de Brasília contra a decisão da Anatel. A empresa pediu a suspensão imediata da decisão da agência e a autorização para poder comercializar novas linhas.

A Anatel tomou a decisão de suspender as vendas de três das maiores operadoras de telefonia móvel do país após avaliar dados das teles pelos últimos seis meses. Um dos maiores problemas é que as chamadas são interrompidas no meio do telefonema.

(Folhapress)

Telefônica tem cinco meses para melhorar telefonia fixa, diz Anatel

20/07 (ValorOnLine) SÃO PAULO - Única operadora a não ser punida com a suspensão de vendas de novos chips celulares, a Vivo/Telefônica entrou na mira da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) por supostas deficiências no serviço de telefonia fixa oferecido pela empresa.

Em despacho há pouco, a agência determinou que a empresa adote providências para diminuir em 40% o número de interrupções do serviço no Estado de São Paulo, em comparação à quantidade de falhas identificadas nos últimos doze meses.

A medida, de acordo com o despacho, foi adotada em virtude do aumento da quantidade de interrupções ocorridas nos últimos anos e tem validade até 31 de julho de 2013.

A empresa terá cinco meses para a regularização dos serviços e também terá de ressarcir os créditos aos usuários afetados pelas interrupções, independentemente de solicitação e da quantidade de assinantes atingidos.

A concessionária também terá de apresentar à Anatel, durante a vigência da medida cautelar, um relatório mensal com as ações realizadas e os resultados alcançados.

A multa é de R$ 20 milhões no caso de descumprimento do despacho.

TIM cai mais de 7% com temor de possível sanção do governo

(G1) Ação da TIM cai mais de 7% com temor de possível sanção do governo
Papéis da empresa lideraram as perdas na Bovespa nesta quinta-feira
Segundo ministro, empresa precisa melhorar a qualidade do serviço.

As ações da TIM fecharam a quinta-feira (12) com queda de mais de 7%, com investidores mostrando receio de que a operadora de telefonia possa sofrer sanções do governo devido a reclamações sobre a qualidade de seu serviço.

Segundo dados preliminares, os papéis da TIM lideraram as perdas do dia na Bovespa, com reuco de 7,45%, fechando a R$ 9,80. O Ibovespa fechou o dia em queda de 0,28%.

Em entrevista nesta quinta-feira, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo disse que a eventual suspensão de novas vendas é uma possibilidade, mas "seria o último recurso". O ministro, entretanto, afirmou que algo precisa ser feito para melhorar a qualidade do serviço da operadora, ressaltando que o governo tem recebido muitas reclamações, "mas não no Brasil todo, em cinco ou seis estados".

"Podemos (suspender as vendas), por que não? Faremos isso se ela não resolver o problema", disse o ministro. "Não somos radicais e não queremos tomar uma medida duríssima. Mas se tiver que fazer, vai ser feito. Não posso simplesmente fechar os olhos", acrescentou.

Antes de medidas mais duras, Bernardo disse que o governo dará um prazo para a TIM resolver os problemas e diminuir as reclamações, afirmando que a intenção não é prejudicar nenhuma empresa.

Em nota, a TIM afirmou que "desconhece a existência de medida tão extrema, bem como os fundamentos dela".

"A Companhia afirma também que vem cumprindo e segue rigorosamente as orientações da Anatel em matéria de qualidade, que é assunto de análise contínua da Agencia com as operadoras. Não obstante, a TIM está desenvolvendo um conjunto de projetos de infraestrutura para seguir suportando o seu crescimento e capturando as oportunidades que o mercado brasileiro oferece", diz a empresa em nota.

Reunião com a TIM foi 'tensa', avalia Anatel

(G1) Operadora terá suspensão na venda de chips em 18 estados e DF.
Encontro aconteceu na tarde desta quinta-feira (19), lembra Anatel.

O superintendente de Serviços Privados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Bruno Ramos, informou nesta sexta-feira (20) que a reunião com a TIM, que será impedida de vender chips de celular e banda larga a partir da próxima segunda-feira (23) em 18 estados e no Distrito Federal, foi "tensa". "Eles discordaram da punição", declarou.

O encontro com a TIM aconteceu na tarde de ontem na sede da Anatel, em Brasília. Antes disso, Ramos já havia se reunido com representantes da Claro e, na manhã de hoje, participa de encontro com a Oi - empresas que também foram punidas com a suspensão na venda de chips a partir de segunda-feira.

Questionado sobre a decisão da TIM de ingressar com um mandado de segurança na Justiça para não ser forçada a interromper as vendas e ativações de novos chips, o superintendente da Anatel informou que a empresa tem direito de assim proceder. "Eles têm direito de recorrer", afirmou Ramos a jornalistas.

Ele disse ainda que a TIM e a Claro devem apresentar, na próxima segunda-feira, a "primeira versão" do plano de investimentos exigido pela Anatel. O documento é necessário para que as empresas sejam liberadas para vender chips novamente. Para que isso ocorra, entretanto, o plano de investimentos tem de ser aprovado pela Anatel.

Decisão da Anatel
A suspensão na venda de chips, no que se refere à Claro, engloba os estados de Santa Catarina, Sergipe e São Paulo. Sobre a Oi, a decisão da Anatel abrange os estados de Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Roraima e Rio Grande do Sul. No caso da TIM, a suspensão da venda de chips engloba os seguintes estados: Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia e Tocantins.

A decisão, que engloba os serviços de voz e dados, foi motivada por problemas na qualidade dos serviços prestados, informou a Anatel. As avaliações são relativas à interrupção das chamadas, qualidade de rede e atendimento ao cliente.

A Anatel também informou que, embora não tenham de suspender a venda de chips, as operadoras Vivo, CTBC e Sercomtel também deverão apresentar um plano de melhoria dos serviços em suas áreas de atuação. Segundo o superintendente de Serviços Privados da Anatel, Bruno Ramos, essas operadoras também podem vir a ter a venda de chips suspensa caso não apresentem este plano.

Avaliação do governo
Na avaliação do secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Cezar Alvarez, as empresas de telefonia celular "falharam" ao calcular a demanda por seus produtos. "É fruto de um erro de cálculo. Descasaram o arrojo dos planos com a infraestrutura. Houve uma falha das empresas. Se alguém vai tipificar essa falha, fazer juízo de mérito, ou adjetivar boa fé, ou má fé, não é responsabilidade nossa. A empresa é punida pelo próprio mercado. Pela capacidade do cidadão reclamar e consumir (...) Invista, ou não venda", declarou Alvarez nesta quinta-feira (19) a jornalistas.

TIM entrará na Justiça para tentar manter vendas de chips

20/7 (G1) Na quarta, Anatel decidiu suspender vendas por baixa qualidade do serviço. Operadora diz que vai entrar com mandado de segurança nesta sexta-feira.

A TIM informou na noite desta quinta-feira (19) que entrará na sexta-feira com um mandado de segurança para não ser forçada a interromper as vendas e ativações de novos chips.
Na quarta-feira, a Anatel suspendeu a comercialização de linhas de telefonia celular da operadora em 18 estados e o Distrito Federal.

Em nota, a TIM considerou a punição excessiva e avaliou que a decisão provoca um desequilíbrio na competitividade do mercado. "A suspensão das vendas foi baseada em dados e indicadores diferentes daqueles usualmente estabelecidos pela própria Anatel para acompanhar o desempenho da rede."

No comunicado, a empresa argumenta ainda que, com base no Índice de Desempenho no Atendimento da Anatel (IDA), que mede volume e prazo de atendimento das reclamações na Anatel, a operadora vem apresentando bons resultados.

"A TIM reduziu em 36% a taxa de reclamações no primeiro trimestre deste ano sobre o ano passado, e hoje tem a segunda melhor performance do setor. A TIM em 2012 também é a operadora menos demandada nos Procons integrados ao SINDEC, posição assumida desde julho de 2011", relata a TIM, referindo-se ao Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor, do Ministério da Justiça.

Suspensão
Na quarta-feira, a Anatel anunciou a suspensão, a partir do próximo dia 23, das vendas de chips para telefonia móvel e internet banda larga, da Oi, TIM e Claro. Em cada estado do país, será suspensa a venda de chips de uma operadora – a que tiver apresentado o pior desempenho no local.

Microsoft cresce no mercado de smartphones nos EUA

19 Jul (Exame - SP) - Sistema operacional Windows Phone deverá fechar o ano de 2012 equipando 5 milhões de aparelhos vendidos no mercado norte-americano

Em meio ao domínio do Android e do iOS, o Windows Phone começa a ganhar uma pequena fatia do mercado de vendas de smartphones nos Estados Unidos em 2012, segundo o último levantamento da Strategy Analytics.

A plataforma da Microsoft, presente em dispositivos da Nokia, HTC e Samsung, cresceu pouco mais de 1 ponto percentual, chegando a 4,1% de 123 milhões de aparelhos, o que deverá representar 5 milhões de dispositivos com o sistema operacional comercializados até o final deste ano.

De acordo com os analistas da consultoria, a previsão é de venda de 123 milhões de smartphones nos Estados Unidos neste ano, um crescimento de 21% em relação ao ano passado.

Para a Strategy Analytics, a Microsoft está determinada a investir no mercado norte-americano por ser o "mais valioso e influente do mundo", embora reconheça não ser fácil frente à concorrência da Apple e dos aparelhos com Android.

O lançamento do Windows Phone 8, com suporte a chipsets multicore, melhorias na loja de aplicativos Marketplace e maior disponibilidade de aparelhos com a Nokia e a Samsung, também é visto como um fator para ajudar a Microsoft no mercado.

Google tem receita de US$12,2 bi no 2o tri

19 Jul (Reuters) - A receita do negócio de Internet, o principal do Google, cresceu 21 por cento no segundo trimestre, enquanto a recém-adquirida Motorola Mobility aumentou a receita total do Google para 12,21 bilhões de dólares.

O Google apresentou lucro líquido de 2,79 bilhões de dólares no segundo trimestre, ou 8,42 dólares por ação, em uma base consolidada.

O custo por clique para anúncios online de busca do Google continuou a cair no segundo trimestre, com recuo de 16 por cento na comparação anual, enquanto o número geral de cliques em seus anúncios aumentou 42 por cento.

O Google, a maior ferramenta de busca na Internet no mundo, concluiu a aquisição da Motorola em meados de maio, dando ao Google uma posição no altamente competitivo negócio de hardware para smartphones, dominado por companhias como Apple e Samsung.

Fonte: Terra

Marissa Mayer troca Google pelo Yahoo

Engenheira de 37 anos, Mayer era a funcionária número 20 do Google.
Marissa Mayer, uma das principais executivas do Google, é a nova presidente do Yahoo, conforme anunciou a empresa nesta segunda-feira (16).

Engenheira de 37 anos, Mayer era a funcionária número 20 do Google e tem sido uma das poucas figuras públicas da gigante de buscas. A indicação é uma surpresa no mercado, tendo em vista que o Yahoo tem sofrido para alcançar a concorrência de empresas como o próprio Google e o Facebook, com quem anunciou uma aliança de publicidade on-line recentemente para encerrar um processo contra a rede social envolvendo patentes.

“Eu estou honrada em liderar o Yahoo, uma das destinações mais importantes da internet”, disse Mayer, segundo o comunicado divulgado hoje pelo Yahoo. “Quero trabalhar com os funcionários dedicados da companhia para trazer produtos, conteúdo e experiências inovadoras e personalizadas para nossos usuários.”
saiba mais

Até ter sua entrada no Yahoo anunciada, Mayer era responsável pelo setor de serviços de geolocalização do Google, o que inclui o Google Maps, o Google Earth e o Google Street View.

“A Marissa é uma líder conhecida e visionária no setor de experiência do usuário e design de produtos. Ela é uma das estrategistas em desenvolvimento de tecnologias mais empolgantes do Vale do Silício”, disse David Filo, cofundador do Yahoo, segundo comunidado da empresa.

Mayer é formada em Engenharia e tem um mestrado pela Universidade de Stanford, na Califórnia, com especialização em inteligência artificial. Ela é creditada como inventora de diversas patentes em inteligência artificial e em design.

Desde a saída de Scott Thompson da presidência do Yahoo, em maio, a empresa estava sob o comando interino de Ross Levinsohn, e buscava um sucessor para a presidência. Entre os executivos cotados para o cargo, além do próprio Levinsohn, estavam Jonathan Miller, do grupo de mídia News Corp., e o presidente-executivo do Hulu, Jason Kilar, de acordo com duas fontes com conhecimento da situação.

No final de junho, Michael Barrett deixou o Google para ser vice-presidente executivo e “chief revenue officer” do Yahoo. O executivo é responsável pela receita com propaganda e pelas operações globais da companhia.

Oi x Anatel - suspensão de venda de chips nos estados AM, AP, MT,RR e RS


Em resposta à decisão divulgada pela Anatel nesta quarta-feira, 18/07, em relação a suspensão de venda de chips nos estados de Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Roraima e Rio Grande do Sul, a Oi emitiu o seguinte comunicado à Imprensa:

“A Oi está comprometida com o desenvolvimento do setor de telecomunicações e com o crescimento do Brasil. O aumento significativo dos investimentos da Companhia para o ano de 2012 reflete este compromisso. Em todo o Brasil, a empresa está investindo R$ 6 bilhões neste ano. O montante é superior em mais de R$ 1 bilhão ao valor investido em 2011 (R$ 4.959 bilhões) e quase o dobro dos investimentos realizados em 2010 (R$ 3,09 bilhões). O plano estratégico de quatro anos da Oi prevê investimentos totais de R$ 24 bilhões, no período de 2012 a 2015.

A Oi manterá o diálogo de forma contributiva com a Agência, já que a Companhia entende, pelas informações recebidas até o momento, que o parâmetro que fundamenta a análise da Agência não reflete os investimentos maciços realizados em melhorias de rede. 

O entendimento da Oi é que a análise está defasada em relação à evolução recente percebida na prestação dos serviços. Os dados não consideram o esforço e a concentração de investimentos realizados nos últimos 12 meses.  

A empresa acredita que o caminho para o desenvolvimento sustentável do setor de telecomunicações depende de um diálogo com propostas positivas, que possam assegurar a manutenção da evolução concreta que o setor tem vivenciado nos últimos 10 anos. 

Os dados divulgados não refletem, por exemplo, a situação real do Rio Grande do Sul, que concentrou parte relevante dos investimentos realizados pela Companhia nos últimos 12 meses. A Oi está investindo R$ 290 milhões no estado neste ano, valor que supera em mais de 32% o total investido em 2011.

 Desse montante, cerca de R$ 76 milhões serão destinados à expansão e à modernização da rede de telefonia móvel. A Oi já chega com sinal 2G a 399 municípios (uma das melhores e maiores coberturas do RS) e a cobertura 3G, que atualmente contempla 44 municípios, será estendida para mais 30 até o fim de 2012 (74 no total). 

Também está prevista a instalação de mais de 100 antenas de telefonia móvel (além das 1.100 já existentes) no estado em 2012.

A Oi também está comprometida com os estados do Norte do país e, justamente por isso, formulou um plano de investimentos focado na região, que somente em 2011 somou R$ 240 milhões. 

Vale ressaltar que a Companhia, que é a principal investidora nesses estados, encontra dificuldades para implantação de sua rede na região, devido a rompimentos de cabos por obras, quedas de energia e altos índices de vandalismo e furto de cabos e baterias. 

No Mato Grosso do Sul, o crescimento dos investimentos também se concretiza, com previsão de mais 20% de aumento em relação a 2011.”

Zeinal Bava não comenta eventual saída para a TIM Brasil

O presidente executivo da Portugal Telecom (PT), Zeinal Bava, escusou-se esta segunda-feira a comentar a informação divulgada numa revista brasileira que aponta que o gestor poderá estar de saída para a TIM Brasil.

"Sobre esse tema não vou comentar e nem vou alimentar rumores sobre esse assunto", disse aos jornalistas Zeinal Bava, à margem da assinatura de uma parceria com o grupo Impresa, onde foi anunciado o lançamento da SIC Notícias Interativa e mais 33 novas aplicações com conteúdos Impresa em multiplataforma (televisão, computador, 'tablet' e telefones inteligentes).

Na edição de domingo, a revista Veja diz que Zeinal Bava é um dos candidatos a comandar a TIM Brasil, adiantando que "já foi, inclusive, entrevistado pelos italianos".

Os títulos da operadora de telecomunicações portuguesa, que opera no Brasil através da Oi, recuaram na bolsa de Lisboa 2,36 por cento, para 3,60 euros.

"Nesta altura não há mais para acrescentar àquilo que já disse", disse o gestor, quando questionado sobre o eventual impacto desta informação nas ações da PT.

Questionado ainda sobre se poderia garantir que vai continuar na PT durante os próximos tempos, o presidente executivo repetiu a mesma posição: "Não vou acrescentar mais nada sobre isso".




fonte: Correio da Manhã

4G - Oi e Vivo receberão propostas para redes LTE até o fim deste mês


Os fabricantes interessados em vender equipamentos para as redes 4G da Oi e da Vivo têm até o final deste mês para entregar as suas propostas, de acordo com as RFPs (request for proposals) lançadas pelas duas operadoras. 
A Claro, que foi a primeira a apresentar ao mercado a sua RFP para 4G, já encerrou a fase de recebimento de propostas. A expectativa é de que até o final de agosto as operadoras definam os seus fornecedores.

Fontes do mercado esperam que cada tele selecione dois fabricantes, à exceção da TIM, que provavelmente escolherá três, seguindo a mesma divisão geográfica que tem desde as redes de segunda geração (2G) de telefonia celular.

Quem teve a oportunidade de acessar as RFPs comenta que o escopo não foge muito às metas determinadas pela Anatel para abril de 2013. Ou seja, o consumidor brasileiro não deve esperar em um primeiro momento uma cobertura de 4G além das seis cidades-sede da Copa das Confederações exigida pelo órgão regulador, a saber: Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador.

Os principais concorrentes pelas redes 4G das teles brasileiras no padrão LTE (Long Term Evolution) são: Alcatel-Lucent, Ericsson, Huawei, Nokia Siemens Networks, Samsung, ZTE, Cisco e Juniper. As duas últimas focam exclusivamente em equipamentos para o core da rede.

fonte: Teletime

Ações da Portugal Telecom caem na bolsa de Lisboa


LISBOA - As ações da Portugal Telecom caíram na bolsa de Lisboa nesta segunda-feira, após a notícia não confirmada da possível saída do seu presidente-executivo, Zeinal Bava.
Segundo o site da revista Veja, Bava é um dos candidatos a assumir a presidência da TIM Brasil, controlada pela Telecom Italia.

Uma fonte oficial da Portugal Telecom se recusou a comentar o assunto.

O operador Emanuel Vieira, da Golden Brokers, disse que Bava “tem sido visto como um bom líder” da Portugal Telecom e que sua saída pode reduzir o valor de mercado da companhia.

“Existe uma expectativa de geração de resultados futuros que dependerão muito da liderança da Portugal Telecom, por exemplo, em questões como a reestruturação da Oi”, afirmou.

A Portugal Telecom é uma das maiores sócias do grupo brasileiro de telecomunicações Oi.

As ações da Portugal Telecom fecharam em baixa de 2,28%, a € 3,60, segundo dados preliminares.
Bava é presidente-executivo da Portugal Telecom desde 2009, tendo sido reconduzido em abril para um novo mandato de três anos.

A TIM é a segunda maior operadora móvel do Brasil, atrás apenas da Vivo, do grupo Telefônica Brasil.

fonte: Globo.com

Crowdfunding faz sucesso no Brasil

O crowdfunding, modelo de financiamento colaborativo já bem popular em países como os Estados Unidos, vem ganhando cada vez mais espaço no cenário brasileiro. O sistema é uma forma de “vaquinha virtual”, em que empreendedores divulgam a sua ideia e quanto precisam para concretizá-la. Os patrocinadores serão as pessoas em geral, que contribuirão com dinheiro e depois serão recompensadas de acordo com a quantia doada. Quanto maior a doação, melhor é o brinde recebido em troca.

Em 2011, Luisa Mandou um Beijo, um sexteto de rock alternativo, entrou no crowdfunding. A banda carioca precisava de R$ 5 mil para arcar com os custos da gravação do seu terceiro álbum e conseguiu até mais do que o esperado. Quem colaborou recebeu desde algumas das músicas um mês antes do lançamento oficial até o direito de assistir a um ensaio deles. “O crowdfunding viabilizou a gravação do nosso terceiro álbum e aproximou mais os fãs da gente. Eles se sentiram parte da história da banda”, afirma o guitarrista Fernando Paiva.

Se o projeto for bem sucedido, como o da banda, os proprietários do site do crowdfunding ficam com apenas um pequena parcela (por volta 5% do total) e o restante vai para o dono da ideia. Mas nem tudo são flores. Se um projeto não conseguir colaborações suficiente no prazo previsto, o seu idealizador não ganha nada e aqueles que ajudaram na arrecadação do dinheiro recebem a quantia doada de volta.

É o caso do Nake it, cuja proposta era arrecadar R$ 300 mil em 60 dias para fazer um sensual ensaio fotográfico com a apresentadora Pietra Príncipe. Mas, para a infelicidade de quem queria ver a gata do jeito que veio ao mundo, o projeto angariou apenas R$ 80 mil e ela não tirou nem uma pecinha de roupa. “Todos receberam de volta o valor integral da contribuição. Em breve, lançaremos um novo site com um modelo diferente: pessoas normais, valores mais acessíveis e recompensas mais bacanas”, comenta Ricardo Dullius, do Nake it.

Diferente desse projeto, outros fizeram grande sucesso, como “Metamáquina 3D” e “Achados e Perdidos”. O primeiro foi fruto da vontade de três jovens de popularizar as impressoras 3D no Brasil. Filipe Moura, Felipe Sanches e Rodrigo Silva, idealizadores do projeto e apaixonados por tecnologia, queriam produzir kits para a construção dessas impressoras a um preço acessível. “Além disso, queremos fazer também impressoras prontas para uso para quem não se dá muito bem com solda, chips e parafusos”, afirmam.

Já a ideia de lançar “Achados e Perdidos” no cofrinho online veio de Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho. Eles tinham o sonho de publicar um álbum em quadrinhos e precisavam de R$ 25 mil para pagar a impressão do livro e a gravação dos CDs. “Resolvemos fazer o livro através do crowdfunding porque se encaixa perfeitamente com a nossa lógica de que quadrinho é entretenimento e deve ser compartilhado da forma mais aberta possível”.

Ambos os projetos tiveram grande êxito. O Metamáquina 3D, em apenas quatro dias, já havia arrecadado R$ 18 mil. No final das contas, com 160 apoiadores, conseguiram mais de R$ 30 mil, superando a proposta inicial de R$ 23 mil. Quem ajudou com o projeto foi muito bem recompensado, ganhando desde um adesivo até uma impressora completa e montada. Já o dos quadrinhos também excedeu as expectativas: 573 pessoas doaram um total de R$ 30.834 e ganharam brindes como um álbum autografado e uma música feita especialmente para elas.

Se você se animou e está a fim de ajudar também, existem milhares de projetos brasileiros no ar atualmente. Por exemplo, Bruno Quintella produziu “Histórias de Arcanjo - um documentário sobre Tim Lopes" para falar sobre a vida e a obra de seu pai, o jornalista assassinado há dez anos no Morro do Alemão, no Rio de Janeiro. Quintella está pedindo ajuda em um site de crowdfunding para lançar o filme. Ele pretende arrecadar R$ 79.450 até o dia primeiro de setembro.

Mais do que uma maneira de conseguir financiamento para um projeto, o crowdfunding aproxima aqueles que têm a ideia dos que quererem ajudar na realização de um projeto interessante. Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho ficaram muito felizes pelo enorme apoio recebido de tantas pessoas. “Nosso sentimento em relação a esse pessoal é de pura admiração”.

Os integrantes da Luísa Mandou um Beijo também se sentiram muito agradecidos pela ajuda dos fãs. “Foi uma grande surpresa. É uma honra saber que tanta gente curte o que a gente faz e está disposta a contribuir para que continuemos produzindo nossa arte. Mais do que o nosso sonho, o crowdfunding realizou o sonho de alguns dos nossos fãs também”, comentam.

fonte: techtudo

Hacker russo publica método de burlar pagamentos nos apps do iOS

O jailbreak para iOS já tem ferramentas que permitem que pessoas baixem gratuitamente aplicativos que são pagos, de forma ilegal. Mas um hacker russo descobriu um método para burlar outro sistema de segurança: o de compras dentro de aplicativos. Esta fraude, no entanto, é ainda mais sofisticada, e não exige nem mesmo o jailbreak do aparelho.

O hacker responsável é identificado apenas como ZonD80, e a suspeita é de que ele seja um desenvolvedor de aplicativos para a plataforma da Apple. O método, criado por ele e ilustrado por um vídeo seu no YouTube, envolve a instalação de dois certificados assinados digitalmente no dispositivo iOS, além da alteração do DNS da conexão Wi-Fi. Depois disso, toda vez que o usuário tentar comprar um item dentro de um aplicativo, um aviso para curtir a página do hacker aparece. Depois de tocar em "Curtir", a compra é ativada automaticamente.

As compras dentro de aplicativos são fontes de renda não só de desenvolvedores de programas gratuitos como pagos também. Os donos dos apps podem, com o método do hacker, perder muito sinheiro se uma grande quantidade de usuários resolverem se utilizar da trapaça. Mas é importante que a Apple tome conhecimento da façanha rapidamente, para poder reparar o hack em breve.

Um aviso no blog do desenvolvedor diz que o serviço está inativo devido a uma grande onda de acessos, mas que ele planeja ativá-lo novamente em breve. Confira o vídeo onde o desenvolvedor mostra o funcionamento do seu hack:

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=iSuo4xEucqE

fonte: TechTudo

Telefónica avalia ofertas para venda da Atento

SÃO PAULO - A Telefónica informou hoje que continua a avaliar a venda da Atento, divisão de call center do grupo. Em documento enviado à Comisión Nacional del Mercado de Valores (CNMV), entidade que regula o mercado de capitais da Espanha, afirmou que tem recebido diversas propostas de terceiros, cujos termos e condições estão em processo de análise pela companhia.

A iniciativa integra as estratégias de venda de ativos do grupo para reduzir uma dívida de aproximadamente 57 bilhões de euros (US$ 70 bilhões).

Há pouco mais de um ano, a Telefónica chegou a iniciar os procedimentos para uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de ações da Atento, no mercado espanhol. Na operação, seriam emitidas 30,6 milhões de ações da empresa, o equivalente a 51% da divisão. No entanto, o grupo cancelou o processo citando a “situação desfavorável dos mercados”.

Microsoft anuncia o Windows 8 To Go, para rodar via USB

A Microsoft confirmou, na última segunda-feira (9), durante a Digital Worldwide Partner Conference, que haverá uma versão portátil do Windows 8. O Windows 8 To Go foi desenhado para rodar o sistema operacional em computadores diretamente de um pen drive de 32 GB. Com o recurso, o usuário poderá instalar todas as suas configurações e aplicativos em qualquer PC com as mesmas preferências.

A novidade da Microsoft atinge, principalmente, o usuário que precisa utilizar mais de um computador. Resta aguardar a divulgação de algumas informações, como, por exemplo, a possibilidade de haver conflitos com sistemas operacionais das máquinas, tamanho e tempo do carregamento do Windows 8 To Go, bem como será a execução do software.

Ao que tudo indica, a espera para estas respostas vai durar até outubro, previsão de lançamento do novo Windows 8. De qualquer forma, a expectativa já é grande.

fonte: Techtudo

Huawei negocia para administrar redes de Etisalat e Saudi Telecom

Empresa chinesa pretende expandir parcerias também com outras operadoras de telefonia fixa do Oriente Médio

DUBAI - A Huawei está em negociações com a Etisalat e a Saudi Telecom para operar as redes de telefonia fixa das duas operadoras do Golfo Pérsico, informou um executivo, o que pode cimentar a liderança da chinesa na região, cujo mercado movimenta US$ 1 bilhão ao ano.

A Huawei, segunda maior fabricante mundial de equipamento para telecomunicações, está conduzindo negociações semelhantes com diversas outras operadoras do Oriente Médio, informou o executivo por e-mail, sem as citar, alegando que as negociações são confidenciais.

“A Huawei tem fortes parcerias com a maioria das operadoras regionais e está procurando maneiras de expandi-las”, disse o vice-presidente de entregas e serviço da Huawei para o Oriente Médio, Xia Chaojie.
“Estamos vendo uma chance de expandi-las por meio de novas tecnologias e também estamos considerando a operação de serviços de telefonia fixa. Começamos a negociar com todos os nossos parceiros em telefonia fixa no Oriente Médio, entre eles Saudi Telecom e Etisalat”, afirmou.

A Etisalat é o ex-monopólio estatal de telecomunicações dos Emirados Árabes Unidos, e a administração de redes significa que a operadora terceiriza a manutenção da estrutura para um parceiro independente.
A prática vem se tornando cada vez mais comum no Oriente Médio, e permite às operadoras se concentrarem em marketing e no atendimento ao consumidor, como forma de diferenciação diante da concorrência.

A manutenção terceirizada de redes também costuma reduzir de 13% a 20% os custos operacionais de uma operadora, de acordo com Xia.

Ele estimou que o segmento de redes terceirizadas no Oriente Médio tenha movimentado US$ 1 bilhão no ano passado, e afirma que a fatia da Huawei nesse mercado foi de 55%. O executivo previu que a receita do segmento crescerá 18% anuais nos próximos dois a três anos.

“No Golfo Pérsico, estamos tendo ou já tivemos parcerias de gestão de serviços com a maioria das grandes operadoras”, disse.

Isso inclui acordos de longo prazo com a Nawras, do Omã, subsidiária da Qatar Telecom; com a Mobily, da Arábia Saudita, em parte controlada pela Etisalat; e com a du, dos Emirados.

Google Nexus 7: uma excelente opção para ser seu primeiro tablet

O anúncio do tablet Google Nexus 7 não chegou a ser uma surpresa aos mais aficionados por tecnologias, mas sua apresentação trouxe mais do que o especulado. Por US$ 199 (R$ 400), o gigante das buscas lançou um aparelho com configurações que, até então, só eram vistas em modelos com pelo menos o dobro do preço.

Com Android 4.1 (ainda inédito no mercado), processador quad-core Tegra 3, 1 GB de memória RAM, Bluetooth 4.0, NFC, tela de 7 polegadas Gorilla Glass, e a promessa de estar com a última versão lançada do Android por pelo menos 18 meses, dessa vez até os "xing-lings" mais baratos correm o risco de perder seus clientes.

Apesar de o tablet não ter previsão de chegar aqui no Brasil, o TechTudo, que estava lá no evento do Google no dia do lançamento, trouxe o Nexus 7 para a redação e filmou, para você ver de perto como essa incrível máquina e a última versão do Android funcionam.

fonte: Techtudo

Câmeras digitais avançam com mais autonomia e super zoom

Fujifilm aposta em tecnologia de satélites e binóculos para seu último lançamento

A Fujifilm está apostando na tecnologia de satélites e binóculos de precisão para seus mais recentes modelos de câmeras digitais. O zoom óptico para controle e enquadramento está mais avançado e a função de upload simplificado para o YouTube e Facebook já está incorporada.

Um exemplo que já pode ser encontrado nas lojas é o último lançamento da Fujifilm, o modelo FinePix SL300 que tem zoom de 30 vezes e mecanismos que possibilitam maior controle e precisão. Além de todo esse alcance, a SL300 possui função macro para não perder nenhum detalhe do close.

"O novo modelo da Fujifilm alia alta qualidade à versatilidade e é ideal para os entusiastas da fotografia ou para quem gosta de viajar", diz a gerente de produto Michela Hamai.

O preço sugerido da câmera é R$ 1199,00. Com corpo revestido de borracha, a SL300 possui sensor de imagem CCD (charge-coupled device) e 14 megapixels de resolução. Esse sensor funciona com as lentes de zoom, garantindo detalhes da cena, com clareza. O flash tem alcance de até sete metros e a tela de LCD tem três polegadas com 460 mil pontos de resolução.

Para quem não se contenta apenas com imagens fixas, o modelo permite ainda a captura de vídeos em alta resolução com 30 quadros por segundo. O recurso de estabilização digital da imagem também está incluído na câmera para evitar e reduzir o risco de as fotos ficarem tremidas.


Fonte: O Globo

Resiliência é a principal competência da primeira metade do século 21

Uma pesquisa mostra que a resiliência é a principal competência da primeira metade do século 21. Conheça os caminhos para desenvolvê-la. Conceito emprestado pela física à psicologia do trabalho, a resiliência é a capacidade de resistir às adversidades e reagir diante de uma nova situação. um profissional pode precisar dela tanto para encarar a pressão e a competição do mercado quanto para atravessar momentos difíceis, como crises econômicas e acidentes.

"A resiliência é um fator crítico para enfrentar os desafios desta primeira metade do século", diz Paulo Yazigi Sabbag, professor da escola de Administração de empresas da Fundação Getulio Vargas de São Paulo (FGV) e idealizador da primeira escala nacional para avaliar o nível de resiliência de profissionais adultos.

Resiliência em nove passos
Conheça os nove fatores da escala da FGV para avaliar o nível de resiliência dos profissionais
1 AUTOEFICÁCIA
O QUE É
Crença na própria capacidade de organizar e executar ações requeridas para produzir resultados desejados. associada à autoconfiança, transforma-se em "combustível" para a proatividade e para a solução de problemas.
COMO ADQUIRIR
São necessários treinos específicos para perceber melhor as situações, tomar consciência de qual conceito faz de si mesmo e de qual é seu padrão habitual de atitudes. a psicoterapia pode ajudar muito nesse caso, assim como a realização de projetos de forma sistemática e planejada.
2 COMPETÊNCIA SOCIAL
O QUE É
Capacidade de ir em busca de apoio externo em momentos de estresse. engloba tanto a abertura para receber apoio quanto a busca proativa de ajuda.
COMO ADQUIRIR
Todo treinamento oferecido para desenvolver liderança, comportamento ético e melhoria de relações é válido. pode-se praticar também a "escuta empática", que convida o outro a falar e oferecer maiores detalhes, adiando julgamentos críticos; e a "escuta ativa", um processo de indagação orientada. envolver-se em projetos sociais ajuda a desenvolver a consciência moral.
3 EMPATIA
O QUE É
Habilidade promotora tanto da competência social quanto da solução de problemas. significa colocar-se no lugar do outro, compreender a pessoa a partir do quadro de referência dela.
COMO ADQUIRIR
A leitura, sobretudo de livros de literatura e biografias, ajuda a pessoa a se imaginar no lugar do outro. nos filmes, observe a psicologia de personagens, a trama e o contexto. trabalhos sociais voluntários também desenvolvem esse aspecto.
4 FLEXIBILIDADE
O QUE É
Está relacionada à maior tolerância à ambiguidade e à maior criatividade. o pessimismo faz com que o indivíduo de baixa resiliência insista teimosamente em atitudes pouco efetivas. Já o resiliente, em oposição, é flexível. pensa em opções, age e, se a ação não é efetiva, escolhe outra opção e persiste.
COMO ADQUIRIR
Pense de imediato em aulas de ioga ou dança de salão, por exemplo. "a flexibilidade do corpo se associa à da mente", diz paulo Sabbag, da FGv. no longo prazo, vá atrás de treinamentos de desenvolvimento de criatividade, que desbloqueiam e permitem "pensar fora da caixa".
5 TENACIDADE
O QUE É
Trata-se da persistência e da capacidade de aguentar situações incômodas ou adversas.
COMO ADQUIRIR
Indivíduos com baixa tenacidade desistem facilmente. a prática esportiva ajuda, pois aprimora a disciplina e expõe os limites do corpo. É o indivíduo que regularmente faz uma hora de esteira porque sabe que é importante, e não porque gosta.
6 SOLUÇÃO DE PROBLEMAS
O QUE É
Característica dos agentes de mudança, indivíduos preparados para diagnosticar problemas, planejar soluções e agir, sem perder o controle das emoções. atitude que mobiliza para a ação.
COMO ADQUIRIR
Um bom conselho, para começar, é entreter-se com jogos de estratégia, aqueles que fazem pensar em soluções, como o xadrez. mas, para desenvolver plenamente esse fator, a melhor solução é mesmo a dedicação para colocar projetos de pé — pessoais ou profissionais.
7 PRODUTIVIDADE
O QUE É
Está associada a desafios, a conviver com incertezas e ambiguidades. refere-se à propensão a agir e à busca de soluções novas. reativos tendem a esperar pelos impactos de adversidades; proativos tomam iniciativas.
COMO ADQUIRIR
Uma solução é procurar um serviço de coaching. a orientação de profissionais mais experientes pode ensinar como ser ágil e dar respostas certas.
8 TEMPERANÇA
O QUE É
Está associada ao controle da impulsividade e da raiva. Significa maior capacidade de regular emoções, mantendo a serenidade em situações difíceis.
COMO ADQUIRIR
Medidas paliativas, como ouvir uma música, se afastar um pouco e jogar água no rosto, são válidas. no longo prazo, meditação, condicionamento físico e psicoterapia para resolver problemas de autoestima.
9 OTIMISTMO
O QUE É
Na escala de resiliência, o otimismo é uma competência resultante da união de três outras: a competência social, a proatividade e a autoeficácia.
COMO ADQUIRIR
Todas as atividades recomendadas para competência social, proatividade e autoeficácia são úteis nesse caso. de resto, é ter uma atitude positiva diante da vida.

Fonte: Você S.A