3G Nextel: Investimentos na ordem de 5.5 Bilhões no Brasil

A Nextel, levou a melhor na luta pelas faixas da Banda H, em leilão realizado nesta terça-feira, 14/12, pela Anatel. O presidente da Nextel evitou revelar estratégias para essa nova etapa da operadora, mas confirmou que devem ser investidos entre R$ 4,5 bilhões e R$ 5,5 bilhões nos próximos cinco anos, valor que já inclui os lances do leilão. A Empresa irá desembolsar R$ 1,2 bilhão por 11 dos 13 lotes em disputa, passando a atuar diretamente no Serviço Móvel Pessoal com frequências 3G. Sergio Chaia, presidente da Nextel no Brasil, afirmou que "Com o 3G a Nextel passa a ser uma operadora nacional e a dobrar seu potencial de crescimento no Brasil, com ganhos de escala em equipamentos e aparelhos e nós pretendemos repassar esses ganhos". É provável que a Nextel deva manter a política agressiva que lhe permitiu crescer 40% ao longo dos últimos anos, especialmente ao trazer para o Brasil a tecnologia HPTT, que combina rádio com 3G. A banda larga será prestada em HSPA e a empresa deve atuar tanto no ramos dos smartphones como dos modems móveis.