TV Digital: Uruguai também adota o padrão Nipo-Brasileiro de TV Digital

Uma notícia até certo ponto surpreendente fez o presidente do Uruguai, José Mujica, na última terça-feira de que está revendo a sua posição e escolher o padrão nipo-brasileiro de tv digital (ISDB-T). Essa decisão do presidente uruguaio causou euforia aos integrantes da equipe de transição de Dilma Russeff, e ao mesmo tempo é percebido como uma grande vitória em relação ao padrão europeu. O argumento para essa mudança foi de que houveram poucos investimentos e a TV digital não avançou no Uruguai. O Grande estímulo a utilização do padrão Nipo-Brasileiro, segundo especialistas, é o suporte técnico que o Brasil e o Japão está oferecendo a quem adota a nova tecnologia. O Sinal Brasileiro já atinge a 550 milhões de pessoas. Hoje no padrão ISDB-T já temos: Argentina, Venezuela, Bolivia, Paraguai, Peru, Equador, Costa Rica, e Chile na América Latina. Na Ásia além do Japão temos as Filipinas. A África do Sul que escolheu o padrão europeu, mas acenou a possibilidade de revisão de sua escolha. A decisão tomada pelo Uruguai isola a Colômbia , na América do Sul que adotou o padrão europeu (DVB).