A Intel anunciou, na Computex 2014, seu novo processador Core M Broadwell de 14 nanômetros

A Intel anunciou, na Computex 2014, seu novo processador Core M Broadwell de 14 nanômetros, que permite a produção de dispositivos conversíveis mais finos, sem ventilação interna.




A primeira demonstração da tecnologia foi bem impressionante: no tablet de referência de design, “Llama Mountain”, foi possível ter um corpo mais fino do que a do iPad Air.

O mais recente tablet da Apple tem 7,5 mm de espessura, levemente superior aos 7,22 mm do protótipo apresentado pela Intel, que era um híbrido laptop-tablet. Outro detalhe que chamou a atenção foi seu peso: apenas 0,66 kg. O tablet Surface Pro 3, da Microsoft, por exemplo, tem quase 0,8 kg. Uma grande diferença.

O aparelho só pôde ser tão fino e leve graças à eficiência e baixa produção de calor do Core M. Ele ainda aguenta uma bateria de 32 Wh, que dá ao usuário cerca de oito horas de duração por carga. A tecnologia passa a permitir uma portabilidade ainda maior para dispositivos conversíveis, que foram os destaques da Computex.

Vale lembrar que o Llama Mountain, da Intel, é apenas um aparelho de referência, que não chegará ao mercado. Ele serve somente para demonstrar quanto as fabricantes poderão se beneficiar com o novo processador.