Como manter sua equipe engajada durante a crise do coronavírus

Complexidade define o desafio nos negócios e na liderança atualmente, mas nunca pareceu tão urgente quanto nesse momento, com a transformação da vida pessoal e profissional pela pandemia do coronavírus. Os governos têm se esforçado para mitigar os efeitos do surto e os líderes empresariais se empenhado para proteger seus funcionários, clientes e organizações. Nas próximas semanas, será necessário aproveitar a profunda base de conhecimento de cada um sobre o que é necessário a fim de solucionar os problemas mais complexos e confusos e oferecer ideias e conselhos referentes a como se manter no controle durante a crise e orientar as companhias em sua transição de volta à normalidade quando o período de turbulência acabar. 

Temos estudado a complexidade e ajudado os líderes a lidar com ela por quase 20 anos. Embora essa crise seja absolutamente sem precedentes, todos os desafios complexos são melhor gerenciados quando se entende as características subjacentes específicas que eles exibem e as formas comprovadas de abordá-las. Hoje, trata-se da importância de envolver e alinhar todas as pessoas certas neste momento decisivo.

Como o coronavírus apresenta novos desafios para as organizações, a maioria dos líderes tem lidado com muitas incógnitas ao tentar tomar decisões rápidas e de alta qualidade. Em circunstâncias normais, a liderança já carece de conhecimento, expertise e experiência adequados para enfrentar sozinhos os desafios complexos e multidimensionais. Atualmente, com tanta coisa acontecendo e tudo mudando de forma tão rápida, é compreensível que não saibam o suficiente.

A ciência de sistemas explica o porquê. A Lei da Variedade Requerida afirma que: “Somente a variedade destrói a variedade”. No contexto da crise atual, isso significa que apenas um grupo de pessoas com a combinação certa de funções, localizações geográficas, unidades de negócios, níveis hierárquicos, formações, experiências, autoridades e participações pode se assentar coletivamente a complexidade do que está acontecendo ao redor dele.
Para enfrentar o nível complexo da crise atual, os líderes devem reunir uma equipe de alta variedade de funcionários de dentro e fora de sua organização para atingir três objetivos e depois engaja-los adequadamente.

Fonte: Forbes