Carreira - As 5 melhores áreas para quem quer abrir uma startup

Conheça segmentos promissores para empreender na área da tecnologia

Armazenamento de dados é um dos mercados promissores para quem pensa em abrir startup


O processo de abertura de um negócio envolve inúmeras dúvidas. A primeira diz respeito ao segmento de atuação da empresa. Para quem está começando e se interessa por tecnologia, uma das escolhas é criar uma startup, empresa com elementos de inovação e possibilidade de crescimento rápido.

O instituto americano IbisWorld divulgou uma pesquisa com as áreas mais promissoras para empreendedores que tenham vontade de criar uma startup. O estudo é baseado em um universo de mil empresas analisadas. A partir dos números dessas companhias, o instituto traçou uma estimativa de faturamento global para cada setor. Confira:

1) Desenvolvimento de aplicativos para celular
Há 10 anos, o mercado de smartphones era praticamente nulo. O de software para esses aparelhos, então, nem existia. Hoje, com a massificação desses celulares, o setor de desenvolvimento de aplicativos entrou em ebulição. A perspectiva é que ele continuará promissor por bastante tempo, segundo o IbisWorld: o estudo estima um crescimento anual de quase 30% no mercado de desenvolvimento. Em 2019, o faturamento das empresas especializadas em aplicativos deve chegar a US$ 34,7 bilhões.

2) Impressão de Fotos On-line
O mercado de fotografia vem sofrendo mudanças significativas em curtíssimos espaços de tempo. No começo deste século, houve a transição da foto analógica para a digital. Depois, a popularização dos smartphones e de redes sociais, como o Instagram, trouxe mais uma reviravolta.

Agora, é possível enviar imagens – depois de embelezá-las com os mais diversos filtros – diretamente para empresas de impressão. Por sua vez, essas companhias mandam as as fotos direto para o endereço dos usuários. O estudo prevê um crescimento anual de 15,3%, em média, até 2019. As empresas do setor devem faturar, juntas, US$ 2,5 bilhões daqui a cinco anos.

3) Serviços de hospedagem e processamento de dados
Esses segmentos não carregam mais a aura da novidade, mas têm bastante relevância. Empresas que hospedam sites e realizam o processo mecanizado de dados devem crescer 4,4% anualmente até 2019. Em cinco anos, a receita do setor deve ultrapassar US$ 90 bilhões, de acordo com o levantamento.

4) Segurança em TI
O medo de ataques de crackers fez a demanda por serviços de segurança em tecnologia da informação aumentar consideravelmente. Nos próximos cinco anos, empresas que impedem espionagem e sabotagem de dados devem faturar 8,2% a mais, ano após ano, até 2019, por seus serviços.

5) Impressão 3D
Foi-se o tempo em que impressões eram apenas tinta sobre papel. Agora, é possível imprimir muitos produtos físicos, de peças para carros a comida. O mercado de impressão em três dimensões vem crescendo a taxas de 16,2% ao ano. A partir de 2014, o faturamento do setor deve subir, em média 31,1% ao ano até 2019.

15/05/14
fonte: Revista Pegn