Smartphone:: Apple (Iphone) supera a RIM (BlackBerry) nos EUA

Apple desbanca RIM e fatura o segundo lugar em uso de smartphones nos EUA em pesquisa da comScore que aponta ascensão do iPhone às custas da queda do BlackBerry; Android continua líder, com 36,4% dos usuários. Existem agora, nos Estados Unidos, mais usuários ativos de iPhone do que de BlackBerry, aponta uma pesquisa da empresa comScore. A vantagem do iPhone, da Apple, sobre o BlackBerry, da RIM, é pequena, mas é a primeira vez que a comScore identificou mais usuários reais de iPhone na comparação com os da RIM. Os dados referem-se a um período de três meses. No trimestre encerrado em abril, a comScore afirmou que, em média, 36,4% dos usuários de smartphone com mais de 13 anos usavam o sistema Android, da Google. É mais que a média de 31,2% dos trimestre encerrado em janeiro, quando o Android liderou o mercado por menos de 1%. A Apple, enquanto isso, afirmou que os assinantes americanos que utilizam iPhone alcançaram 26% em abril, mais que os 24,7% de janeiro. Este pequeno ganho levou a Apple ao segundo lugar porque o sistema BlackBerry caiu para 25,7%, na média do trimestre - no período anterior, sua participação era de 30,4%. A Microsoft também perdeu terreno, caindo  de 8% em janeiro para uma fatia média de mercado de 6,7% em abril. Na sexta-feira (3/6), as ações da RIM caíram 5%, chegando à cotação de 38,53 dólares - seu menor preço desde março de 2009. A ação fechou a 38,98 dólares. Desde 28/4, quando a RIM avisou a seus investidores que não deverá alcançar suas previsões de vendas e lucros para o trimestre atual, suas ações já caíram 32%.

Celulares
Entre os principais fabricantes de celulares, a Samsung lidera o mercado americano, com seus produtos sendo utilizados por 24,5% dos assinantes. Em seguida vêm LG (20,9%), Motorola (15,6%), Apple (8,3%) e RIM (8,2%). Das cinco, apenas a Apple teve crescimento substancial entre janeiro e abril - 1,3 ponto porcentual em relação à participação apurada no trimestre encerrado em janeiro. A LG cresceu 0,1 ponto. Samsung e RIM recuaram -0,4 ponto e a Motorola caiu -0,9 ponto. Segundo a comScore, 74,6 milhões de pessoas tinham um smartphone nos Estados Unidos no trimestre encerrado em abril. No mesmo período, 234 milhões de residentes com 13 anos ou mais usaram algum tipo de celular.