Novas Tecnologias: Incumbent brasileira lançará projeto de casa conectada

Já imaginou ter a sua casa conectada a internet? Pois é o que propõe uma incumbent brasileira  que está realizando trials no país com uma solução de casa conectada da Amdocs e deve lançar comercialmente o serviço até o final do ano. A meta é conquistar de 5 mil a 7 mil clientes em um ano. A solução integrará algumas tecnologias, como Wi-Fi, RFID e até cloud computing. Um set-top box atuará como o roteador da casa, recebendo as informações dos vários dispositivos e as mandando para a 'nuvem', onde está a inteligência e onde será realizado todo o gerenciamento dos dados. O canal de retorno com uma operadora poderá ser estabelecido por meio de qualquer rede de acesso IP (HFC, xDSL, FTTH), basta que tenha uma banda mínima de 2 Mbps", acrescenta. Existe uma operadora, não divulgado o nome, que iniciará a oferta comercial com alguns serviços básicos, como integração do home-theater com o desktop, telefone, câmeras de monitoramento e vídeo-game. Em um segundo momento, a tele poderá colocar um sensor de radiofrequência no plugue da tomada da geladeira (que entra na rede via Wi-FI), e ofertar um serviço de compra à distância ao assinante, ou possibilitar que ele ligue o ar condicionado da sala remotamente, antes de chegar à sua casa. Essa tecnologia já existe há algum tempo, o problema é que nunca se chegou a uma forma consistente de empacotar e oferecer isso de forma inteligente ao cliente final. Os testes da operadora com o sistema de casa conectada levarão dois meses. Após esta etapa, será iniciado um estudo sobre o modelo de negócio ideal para que o serviço seja lançado efetivamente até o final do ano.