Copa do Mundo: Brasil pode fechar acordo com Israel para soluções de TI e Telecom

Brasil e Israel poderão fechar parceria para desenvolvimento de soluções de TI e telecom para suportar a Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas, com competições a serem sediadas no País. Um acordo de cooperação nessa área foi discutido durante reunião realizada, ontem, em Brasília entre o ministro das Comunicações do Brasil, Paulo Bernardo e representantes do governo israelense.
  
Paulo Bernado acredita que o desenvolvimento tecnológico de Israel pode servir de modelo para o Brasil e lembrou que o governo brasileiro tem o desafio de dobrar, até 2014, o número de usuários de banda larga, incluindo mais 45 milhões de pessoas na prestação do serviço. Porém, ele reconheceu que o País enfrenta dificuldades para implantação de cabos de fibra óptica em determinadas regiões, como a Amazônia. Para chegar à cidade de Macapá, por exemplo, é necessário o uso de tecnologias que levem internet por satélites e ondas de rádio.

O ministro da Indústria, Comércio e Trabalho israelense, Shalom Simhon, disse que várias empresas de telecom de Israel têm interesse em investir no Brasil. "A Copa do Mundo e as Olimpíadas serão oportunidades para que o Brasil mude seu mercado de telecomunicações. E o governo de Israel ficará bastante satisfeito em cooperar com isso, fazendo as ligações certas com a indústria de comunicação israelense ", disse.

Segundo Simhon, Israel tem uma das melhores capacidades de desenvolvimento tecnológico do mundo e que, apesar da distância, o Brasil oferece muitas possibilidades futuras em investimentos estrangeiros no campo das telecomunicações.